Bill Gates: a Europa será superada a menos que se torne um fluxo de migrantes

0 Flares 0 Flares ×

O fundador da Microsoft, Bill Gates, advertiu que a explosão populacional da África vai sobrecarregar a Europa, a menos que o continente torne mais difícil para os migrantes chegarem às suas costas.

Os comentários do bilionário americano ocorrem quando os líderes europeus discutem o que fazer sobre o crescente número de africanos que chegam a Itália toda semana, com Roma pedindo que outras nações da União Européia (UE) abram seus portos para atracar migrantes para aliviar a pressão sobre o Mediterrâneo nação.

Em entrevista ao jornal alemão Welt am Sonntag , Gates disse que o enorme crescimento da população em África resultará em “uma enorme pressão [migratória]” na Europa, a menos que os países aumentem os pagamentos de ajuda ao desenvolvimento no exterior.

Louvando a Alemanha ter alcançado seu compromisso de dedicar 0,7% do PIB à ajuda externa como “fenomenal”, o ator de 61 anos apelou a “outras nações européias para seguir seu exemplo”.

Mas Gates também falou de um dilema causado pela “atitude alemã em relação aos refugiados”, referindo-se à decisão da chanceler Angela Merkel de abrir as fronteiras da Europa para migrantes ilegais provenientes do terceiro mundo.

“Por um lado, você quer demonstrar generosidade e aceitar refugiados, mas quanto mais generoso você é, mais palavra se dá sobre isso – o que, por sua vez, motiva mais pessoas a deixar a África”, disse Gates ao jornal do domingo.

“A Alemanha não pode atrapalhar o enorme e maciço número de pessoas que querem abrir caminho para a Europa”.

Por isso, Gates sublinhou que “a Europa deve tornar mais difícil para os africanos chegarem ao continente através das rotas de trânsito”.

A Itália está exigindo que outras nações da UE abra seus portos para migrantes vindos da Líbia enquanto o país luta para lidar com ter recebido mais de 80 mil pessoas este ano.

Para que os recém-chegados africanos se espalhem por toda a Europa, o governo globalista de centro-esquerda do país mediterrâneo insistiu que o programa de deslocalização de migrantes da UE – que é amplamente limitado a pessoas da Eritreia e Síria – deveria ser expandido para incluir outras nacionalidades, como os nigerianos.

O Alto Comissário da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, criticou no sábado uma “tragédia desdobrada” na Itália.

“Sem uma ação coletiva rápida, só podemos esperar mais tragédias no mar”, declarou, observando que cerca de 2.000 migrantes perderam a vida na rota marítima da Líbia para a Itália este ano.

O diplomata italiano repetiu os pedidos de um “sistema de distribuição urgente” para migrantes e requerentes de asilo e “vias legais adicionais para a admissão”.

Esperamos que não resolvam mandarem para  o Brasil, se isso acontecer  seremos o pior país do mundo.

 

fonte:breitbart

Barrancas Seu Portal de Notícias / Dar Voz Aquele Que Não Tem Voz

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com