Conselho aponta queda de 14,7 mil leitos na rede pública

Um levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) revela que houve redução de 14,7 mil leitos de internação na rede pública nos últimos quatro anos. A queda é mais significativa nos leitos dedicados de pediatria cirúrgica, psiquiatria e obstetrícia cirúrgica.

Segundo a entidade, a quantidade desses leitos deveria estar subindo, e a queda agrava a superlotação nos hospitais e prejudica a realização de cirurgias e tratamentos.

Para o Ministério da Saúde, a queda de leitos segue uma tendência mundial e se justifica, em parte, à maior tecnologia, que economiza internações. O governo também informa que houve investimento na abertura de outros tipos de leitos.
O levantamento compara o período de julho de 2010 e julho deste ano, a partir de informações do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, do Ministério da Saúde.

(Com informações da Folha de S. Paulo).

MAIS RECENTES

Autor: Direto da Redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *