Dep. do PT dá voz de prisão a ativista pró-Moro

0 Flares 0 Flares ×

Deputado do PT dá voz de prisão a integrante de movimento pró-Moro após acusação de ‘roubo’

O deputado do PT Paulo Pimenta (RS) deu voz de prisão à representante do movimento Nas Ruas Carla Zambelli nesta quinta-feira (30) dentro do Senado Federal após ela ter acusado o partido, o parlamentar e o deputado Wadih Damous (PT-RJ) de “estar roubando”.

A confusão aconteceu no corredor de plenários de comissões após o fim de uma sessão da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da JBS, frigorífico controlado pelo grupo J&F, para apurar supostas irregularidades praticadas pela empresa. Nesta quinta, a comissão ouviu depoimento e fez perguntas ao advogado e ex-operador da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran.

Após Carla abordar os deputados e insistir em questioná-los sobre a “intenção das perguntas” a Duran, Pimenta afirmou que ela deveria “trabalhar”. Em resposta, ela falou: “eu estou trabalhando, ao contrário de vocês que estão roubando”.

Após a declaração de Carla, Pimenta perguntou “o que a senhora falou?” e se dirigiu a um policial legislativo: “Olha só, essa senhora aqui está dizendo que eu estou roubando”. Ela respondeu: “ué, o PT não está roubando?”. Pimenta então deu voz de prisão e pediu que o policial a levasse para a delegacia da corporação no subsolo do Senado para prestar esclarecimentos.

Mais tarde, a ativista afirmou que Pimenta não chegou a ir à Polícia Legislativa a fim de registrar a ocorrência por “crime à honra” formalmente e dar sua versão dos fatos. Dessa forma, Carla prestou esclarecimentos aos policiais e foi liberada por volta das 16h

Fonte: UOL

Barrancas Seu Portal de Notícias /   Dar Voz Aquele Que Não Tem Voz

.


 

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *