Entrevista com Rafael “O Argentino Viajante”

0 Flares 0 Flares ×

O Sérgio Rafael Jansat,  “O Argentino Viajante”,  com conhecimento vasto e  fala português ( com um pouco de sotaque espanhol), percebe-se que  é um cara que teve uma boa educação e tem uma cultura ampla.

Após 32 dias na BR319, vindo de Manaus para Humaitá, com o seu amigo inseparável, que conheceu no Equador.  O Guri, um cachorro que tinha sido abandonado pelos antigos donos, estava em péssimas condições de saúde, o Rafael pensou em dar o Guri para alguém cuidar, mas depois que passou 15 dias,  resolveu adotar e hoje são amigos inseparáveis. Viajam pelo Mundo em uma bicicleta, o guri tem o lugar dele certo, que é dentro de uma caixinha na carona.

O Rafael  viaja à 30 anos, só não disse que era de bicicleta ou com outro meio de transporte. Disse que é arquiteto de formação e consegue viajar fazendo fogão, casas entre coisas de barro, e também é pedreiro, faz de tudo um pouco.

Nesses 32 dias que viajou pela BR319, teve muito medo das onças, tanto que só dormia em cima das árvores, ou pedindo abrigo pelo caminho.

O churrasquinho Bom Sabor que fica na esquina da rodoviária, ofereceu a eles 3 espetinhos, com farinha.Foi uma festa para ambos.

Ao ser perguntado por que saiu pelo mundo assim, ele desconversou.

Algumas frases desse argentino viajante:

“Iria trabalhar e viver sempre em uma cidade e acabaria morrendo, sem conhecer nada, não tem graça.”

“Gosto do Brasil, principalmente das mulheres brasileiras “.

“Deus tem um proposito para todos e Ele sabe o porque”.

Veja a entrevista que foi feita ao vivo pelo Barrancas:

Encontramos o Rafael um argentino viajante

Posted by Barrancas on Saturday, April 28, 2018

 

Barrancas Seu Portal de Notícias

5 (100%) 1 vote

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Notícias relacionadas

Comentários no Facebook