Gafe ao vivo de Alckmin

Convidado para falar em um evento sobre uso de tecnologia por governos, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) despertou mais reações por chamar a apresentadora Angélica de Eliana. Sentada na primeira fila, a poucos metros do tucano, a artista estava no encontro acompanhando o marido, Luciano Huck, que entrevistou os convidados.

“Eu morri de rir porque eu não tinha nem percebido”, disse Angélica no encerramento do GovTech, o encontro que teve Huck como um dos curadores. A rodada de conversas, nesta terça-feira (7) em São Paulo, também recebeu os presidenciáveis Marina Silva (Rede), Henrique Meirelles (MDB), Guilherme Boulos (PSOL) e João Amoêdo (Novo).

Rindo, Angélica falou que aconselharia Alckmin a “usar a tecnologia, o Google”, para pesquisar “um pouquinho do passado”.

“Ele parou… Acho que na época que o Luciano namorou a Eliana não tinha Google, ele não pesquisou”, disse ela. Huck é casado com Angélica desde 2004, mas no fim da década de 1990 namorou a também apresentadora Eliana, hoje no SBT.

O ex-governador cometeu a gafe ao cumprimentar a plateia e dizer que queria “saudar a Eliana”. Huck o interrompeu na sequência: “Preciso fazer uma correção, não vai ter jeito”. E disse algo no ouvido dele.

Enquanto a plateia gargalhava, Alckmin foi até Angélica e deu um abraço nela. “Essa é imperdoável, viu”, corrigiu-se. O apresentador fez piada e mandou “um beijo para a dona Li”, referindo-se a Lu Alckmin, a ex-primeira-dama do estado.

“Eu fiquei aqui dois minutos [pensando]: Eliane ou Eliana? E era Angélica! Perdão”, arrematou o candidato.

Passada a saia justa, Angélica também lidou com o fato com bom humor. Tirou uma foto do palco e marcou a colega de profissão em uma foto no Instagram. “Miga @eliana, o #Alckmin te mandou um bj”, escreveu.

À reportagem Angélica disse não saber se Alckmin seria uma opção de voto para ela. A apresentadora da Globo se mostrou afinada com o marido, que nesta segunda (6), na abertura do GovTech, indicou ter preferência por Marina Silva.

“Eu estou flertando com a Marina também, mas eu acho que a gente tem muito ainda que ver. Acho que a gente tem um tempo aí pela frente ainda”, afirmou ela.

Alckmin seria uma opção? “Eu não sei”, respondeu. “Na verdade, eu não sei. Eu tenho visto mais a Marina falar, tenho acompanhado mais, e por isso eu tenho ela mais próxima. Então eu não posso nem dizer que tenha uma segunda opção. Pode ser que surja logo, pode ser que nem surja, não sei.”

O casal recebeu a ex-senadora para um jantar na casa deles, no Rio, em junho. Nas últimas semanas, o apresentador também teve encontros com pessoas da equipe de comunicação da presidenciável.

Antes de deixar o auditório do evento, puxada pelo braço por uma assessora, Angélica disse que o evento conduzido por Huck foi importante para conhecer os concorrentes. “Momentos assim fazem parte, para a gente conhecer, namorar, se relacionar com eles.”

Deu tempo ainda de ela falar que seguirá o exemplo do marido e fará doações em dinheiro para candidatos que pregam renovação política. “Acho importante, acho que todo mundo que pode fazer, de algum jeito, tem que fazer. E eu pretendo [doar] também.”

Huck anunciou que dará uma contribuição ao PPS nos próximos dias, para ajudar na campanha de postulantes ao Legislativo.

O apresentador quase se filiou ao partido para disputar a Presidência da República, mas desistiu da ideia em fevereiro.

Com informações da Folhapress.

Fonte: MSN – JP

Barrancas Seu Portal de Notícias

 

Avalie esta postagem

MAIS RECENTES

Autor: redação
Tags

Notícias relacionadas

Comentários no Facebook

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com