Homer Simpson desvendou ‘partícula de Deus’ 14 anos antes

Você aí que duvida da capacidade de Homer Simpson, a mais conhecida personagem da série “Os Simpsons”, está na hora de rever seus conceitos. O pai da família mais inusitada de Springfield por pouco não previu a massa da partícula elementar do bóson de Higgs, a famosa “partícula de Deus, nada menos que 14 anos atrás. A descoberta foi realizada somente em 2013.
No episódio “The Wizard of Evergreen Terrace”, de 1998, Homer decide se tornar um inventor e é visto em frente a um quadro negro resolvendo uma complexa conta.

simp
“Essa equação prevê a massa do Bóson de Higgs. Caso você resolva este problema, você conseguiria a massa da partícula elementar bosônica, com apenas alguns nano-massa a mais do que realmente é. É maravilhoso ver Homer quase chegando a este número”, explica Dimon Singh, autor do livro “The Simpsons and their Mathematical Secrets” (Os Simpsons e seus segredos matemáticos).

Em seu estudo sobre a série, Singh afirma que “Os Simpsons” é escrito por diversos matemáticos e físicos conceituados, explicando assim os diversos cálculos e teorias encontradas ao longo dos episódios.

Em 1964, por dedução, o físico britânico Peter Higgs postulou que existia o bóson que hoje leva seu nome e que devia dar sua massa a outras partículas. Sem ele, não haveria massa e, por esta razão, é apelidada de ‘partícula de Deus’, cuja descoberta revolucionária foi anunciada quase três anos atrás.

Descobrir o bóson de Higgs em 2013 só foi possível com a construção do LHC, o maior laboratório do mundo, construído em um túnel de 27 quilômetros em forma de anel. Mas, quase que Homer o descobriu apenas com uma lousa…

 

 

 

Fonte: yahoo

 

Autor: Direto da Redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *