Invenção pode evitar o desperdício de bananas

0 Flares 0 Flares ×

Um filtro dobrou a ‘vida verde’ das bananas para uma média de 70 dias.

No Reino Unido consumimos incríveis cinco bilhões de banana por ano, mas de acordo com a organização ambiental ‘WRAP’, nós, como nação, também jogamos fora 1,4 milhões delas por dia com muito mais sendo desperdiçado durante o transporte.

 Atualmente os padrões industriais exigem que as bananas estejam verdes durante o transporte e distribuição, ou seja, qualquer banana que tenha amadurecido é considerada invendável sendo descartada. Além disso, muitas pessoas em casa jogam fora bananas ainda perfeitas para o consumo.
Para enfrentar o problema e reduzir o desperdício de alimentos, uma companhia desenvolveu um sistema de filtragem projetado para prolongar a ‘vida verde’ da banana, fazendo com que mais da fruta favorita da nação chegue à nossa terra sem ir para o lixo.

Após uma avaliação do filtro, criado pela companhia It´s Fresh!, pesquisadores disseram que se apenas um pequeno número de exportadores começasse a usar essa tecnologia, evitaria que aproximadamente 251 milhões de bananas do total das exportações mundiais fossem descartadas a cada ano.

ITS FRESH
Bananas packaged with two small transit filters.  

Na Costa Rica foram feitos uma série de testes independentes pós-colheita para averiguar se o filtro era realmente capaz de prolongar a vida da fruta. O filtro, um material respirável, é colocado junto com as bananas antes do embarque, alterando o ambiente em que são transportadas.

Os resultados demonstraram que o filtro absorve o etileno – hormônio do amadurecimento – do local em que as bananas se encontram com sucesso, além de ser mais eficiente e ecológico do que outros meios alternativos que vêem sendo utilizados. O filtro dobrou a ‘vida verde’ das bananas para uma média de 70 dias.

ITS FRESH
Bananas transported with the filters (left) compared to those transported without (right). 

Bananas são as frutas de maior exportação mundial e representam um terço de todas as frutas importadas para o Reino Unido. O Equador é o maior exportador, e carregamentos de bananas enviados para países como China, Rússia, ou Oriente Médio estarão gerando uma alta emissão de carbono, assim como grandes quantidades de lixo que poderiam ser evitadas.

Dr.Manuel Madrid, que trabalha no setor há mais de 25 anos e que realizou os testes, disse: “Com base no trabalho que realizei, It´s Fresh! Sem dúvidas aumenta a vida e a qualidade das bananas verdes dando claras vantagens comerciais à cadeia de fornecimento.”

Simon Lee, fundador da companhia It´s Fresh!, disse: “Estamos determinados a reduzir o desperdício mundial de alimentos e isso significa tratar dos problemas ao longo de todo o processo de produção, bem como dos problemas em nossos supermercados e lares. Nossas descobertas permitem demonstrar o poder dessa tecnologia, capaz de reduzir o desperdício mundial e de ajudar produtores e importadores do mundo todo.”

Esse texto foi publicado originalmente em inglês no Huffpost UK   

Barrancas Seu Portal de Notícias                                                   

Avalie esta postagem

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Notícias relacionadas

Comentários no Facebook