Jamie Oliver é chamado de ‘imbecil’ por punir seus filhos com pimenta

Jamie Oliver é daquelas pessoas que não tem papas na língua e, mais uma vez, um de seus comentários causou polêmica. Ele revelou que, para não recorrer à agressão física, ele pune seus filhos por mau comportamento de um modo incomum.

“Eu dou a eles pimenta como castigo. Não é muito popular bater em crianças, não está na moda e você não pode fazer isso se é um chef celebridade como eu. Não fica bom nos jornais. Então você precisa de opções”, disse o chef ao programa da BBC Good Food Show.

Ele revelou sobre uma vez que ele deu uma maçã com a pimenta Scotch Bonnet, uma variedade extremamente forte, após sua filha Poppy, de 12 anos, se comportar mal.

“Poppy foi desrespeitosa comigo e brincou com a sorte dela. Ela correu para a mãe e disse: ‘Isso é pimenta’. Eu fiquei num canto rindo. Jools (mulher de Oliver) disse para mim: ‘Nunca mais faça isso’”, revelou.

Para se ter uma ideia do quão poderosa é a pimenta Scotch Bonnet, ela é muito usada na cozinha caribenha e varia entre 100 mil e 300 mil na escala Scoville, que mede o calor. Pimentas normais, como as jalapeños, variam entre 2,5 mil e 8 mil, segundo o jornal britânico Daily Mail.

Em entrevista à rádio 3AW nesta terça-feira, o agente de Proteção da Infância e Juventude Bernie Geary, do estado de Victoria, na Austrália, chamou Oliver de “imbecil” ao fazer isso.

“Não é apropriado usar crueldade como forma de disciplinar crianças. Este cara deveria perceber que ele é uma figura pública e é visto como um pai exemplar. Se ele está brincando, não é apropriado porque alguns pais podem achar que é uma forma válida de disciplinar crianças”, contou.

Vale lembrar que declarações polêmicas também estão no currículo do renomado chef e, em julho deste ano, em entrevista ao programa Saia Justa, do GNT, ele disse que quindim e brigadeiro, alimentos bem populares no Brasil, são um “bando de porcaria”.

 

MAIS RECENTES

Fonte: O fuxico

Autor: Direto da Redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *