Justiça solta a médica que atropelou e matou verdureiro, não prestou socorro

0 Flares 0 Flares ×

A médica dermatologista Letícia Bortolini, de 37 anos de idade, que matou por atropelamento o verdureiro Francisco Lúcio Maia, no dia 14 de abril, na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, Mato Grosso, está solta por determinação judicial.

Letícia e o marido, Aritony de Alencar Menezes, também médico, estariam ambos embriagados no dia do acontecimento fatídico.

Letícia fugiu do local do acidente e foi presa em flagrante no mesmo dia, depois que uma testemunha a seguiu. Na segunda-feira (16), entretanto, ela foi solta.

A Justiça acatou o pedido feito pela defesa da médica sob o argumento de que o filho necessita dos cuidados da mãe.

Na decisão, o magistrado deu um prazo de cinco dias para a elaboração de “um estudo social relatando a situação em que se encontra o menor, bem como se ele depende exclusivamente da guarda e dos cuidados de sua genitora”.

A situação em que ficou o automóvel, dá uma noção da velocidade empreendida pela doutora e do quanto foram irresponsável, assumindo o risco de que acontecesse uma tragédia, como de fato aconteceu.

Fonte: .jornaldacidadeonline

Barrancas Seu Portal de Notícias

Avalie esta postagem

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Comentários no Facebook