Ladrão da saúde Mustafa foi condenado, mas irá recorrer em liberdade

O médico Mohamad Mustafa foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão, acusado de liderar organização criminosa que desviou R$ 112 milhões da saúde do Amazonas. A sentença foi proferida pela juíza Ana Paula Serizawa do Tribunal Regional Federal da 1ª Região ( TRF-1), divulgada nesta sexta-feira (11) no Diário Eletrônico do Tribunal.

A pena foi reduzida devido ao período em que o medico esteve preso, entre 10-09-2016 a 30-08-2017 e de 21-10-2017 a 05-12-2017. A juíza concedeu o direito a ele recorrer da sentença  em liberdade.

Mohamad Mustafa foi apontado como líder da organização criminoso após o MPF no AM e a PF deflagrarem a operação ” maus caminhos” 2016, que investigava desvios milionários da saúde. Ele teve seu patrimônio multiplicado em 88 vezes de 2012 a 2015. Nesse per´´iodo adquiriu bens em alto padrão, como um jatinho, carros de luxo e shows de bandas famosas no País.

Além de Mohamad Mustafa foram condenados Priscila Marcolino Coutinho, apontada como principal auxiliar da organização criminosa, com pena de 12 e 8 meses de reclusão. Jennifer Nayara Yochabel Rufino Corrêa da Silva também foi condenada a 10 anos e 6 meses de reclusão, em regime semi-aberto. Todos os acusados poderão recorrer das penas em liberdade.

 

 

Fonte: portal do holanda

Barrancas Seu Portal de Notícias

Avalie esta postagem

MAIS RECENTES

Author: redação
Tags

Comentários no Facebook

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com