Mulher grávida foi atropelada, não tinha ambulância para socorrê-la

Mais um acidente por excesso de velocidade com vitima fatal,  aconteceu ontem (01) em Humaitá, no Sul do Amazonas.

Segundo testemunhas, a vítima Maria Tamile Aguiar Pinheiro, 28 anos, estava  grávida de 4 meses foi atropelada por uma moto em alta velocidade, na rua municipal 2, Bairro São Cristóvão, em frente a um lanche, o condutor Arlindo Nobre Neto, 18 anos. Não tinha ambulância  para transporta-la, isso gerou revolta aos populares, tiveram de usar um carro para leva-la ao Hospital. Infelizmente, não resistiu e faleceu.

Fotos do socorro foram postadas nas redes sociais e no Whatsap, gerando críticas a secretaria de Saúde do Município.

o condutor Arlindo Nobre Neto, 18 anos

A vítima  Maria Tamile era apaixonada pela cultura humaitaense e participava de vários Grupos culturais da cidade. Deixou dois filhos.

 

 

Com informações: jornaldehumaitá

Barrancas Seu Portal de Notícias

MAIS RECENTES

Autor: redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *