O ditador Norte Coreano usava passaporte brasileiro

De acordo com fontes anônimas, os documentos do ditador norte-coreano e de seu pai tinham como objetivo conseguir vistos de outros países; entenda

O líder norte coreano Kim Jong-un  e seu pai, Kim Jong-il, teriam utilizado passaportes brasileiros na década de 1990, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (22). De acordo com a agência de notícias Reuters , o objetivo da dupla era conseguir vistos de outros países ocidentais com o documento falso.

“Eles usaram esses passaportes brasileiros […] para tentar obter vistos de embaixadas estrangeiras”, explicou uma fonte anônima à agência. O mesmo informamente supôs que a existência dos documentos revela “o desejo da família por viagens”, porém, também mostra uma possível tentativa de construção de uma rota de fuga.

Documentos legítimos

Outra fonte anônima, desta vez brasileira, disse que os dois passaportes eram legítimos porque quando foram enviados aos consulados, ainda continham espaços para preenchimento em branco. Eles podem ter sido usados para trajetos cujo destino era o Japão, Hong Kong e até mesmo o Brasil.

A Embaixada do Brasil da Coreia do Norte não quis comentar o caso denunciado pela imprensa, e o Itamaraty, por sua vez, declarou estar investigando a denúncia.

Em 2011, um jornal japonês reportou que o presidente da Coreia do Norte visitou a Disney de Tóquio, em 1991, com um passaporte brasileiro. O fato, porém, teria acontecido antes da emissão do documento em questão, divulgado no começo desta semana com fotos de Kim Jong-un, atual líder do país asiático.

*Com informações da Agência Ansa

Fonte:  iG

Barrancas Seu Portal de Notícias

5 (100%) 1 vote

MAIS RECENTES

Author: redação
Tags

Comentários no Facebook

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com