A Policia Civil fechou o Ano com mais um Caso Resolvido

Dia 27 de dezembro a Policia Civil do Amazonas, através da DIP de Humaitá, prendeu mais dois acusados de serem participantes do latrocínio ocorrido no km 155 (próximo à comunidade da Realidade) da BR 319 do fazendeiro Sr. Geraldo Marques, que foi morto com pauladas (relembre o caso clicando aqui), o acusado com as inicias I. S.O tem 17 anos e o Audiekson Gomes dos Santos (vulgo Jack) com 18 anos.

bandido 12

I. S.O tem 17 anos.

Quando a Policia chegou à localidade para prender o menor I.S.O.  um dia após o latrocínio, ele fugiu, se escondendo na mata, após alguns dias a policia através de investigações, que o mesmo estaria na mata que fica atrás da casa do sogro, saia somente para buscar comida.

Os Policiais ficaram campanados observando esperado o momento certo para pega-lo, conseguiram quando ele foi pegar comida e já estava voltando para o igapó onde estava escondido há dias. Ele foi preso e a representação pela internação provisória.

 

Audiekson Gomes dos Santos (vulgo Jack) com 18 anos.

Audiekson Gomes dos Santos (vulgo Jack) com 18 anos.

 

Quando a investigação levou a mais um participante do latrocínio o Audiekson Gomes dos Santos (vulgo Jack) 18 anos, segundo investigações, foi ele quem deu o tiro no abdômen da vitima, após a paulada dada por Aleilson.

 

 

 

 

IMG-20141219-WA0064

Aleilson Souza Cardoso, um dos acusados

 

 

O terceiro acusado foi o primeiro a ser preso, ele trabalhava para o fazendeiro aproximadamente há 10 anos

 

 

 

Segundo o IML de Rondônia, além de receber pauladas e marretadas, o corpo tinha duas perfurações: uma no abdômen e uma na nuca, lado esquerdo.

A Policia Civil e a Policia Militar fecharam o ano em Humaitá com chave de ouro, mostrando que é possível trabalharem juntos, e obterem os melhores resultados para a comunidade.

MAIS RECENTES

Autor: Direto da Redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *