Policia faz Operação Limpeza Final em Apuí

0 Flares 0 Flares ×

OPERAÇÃO ‘LIMPEZA FINAL’ PRENDE ACUSADOS DE HOMICÍDIOS, TRÁFICO DE DROGAS, ASSALTOS E FURTOS NO MUNICÍPIO DE APUÍ, INTERIOR DO AMAZONAS

O município Apuí fica localizado no Sul do Estado do Amazonas, distante  1097 km da Capital  Manaus. 

Luiz Fernando Macedo do Nascimento, Carlos Eleandro Furtado da Silva, Adailton Paixão Narciso, foram presos ontem, segunda-feira, 12, durante a Operação “Limpeza Final”, realizada em ação conjunta da Polícia Civil com a Polícia Militar no município de Apuí, distante 453 quilômetros de Manaus em linha reta.

Os três criminosos são acusados de formação de quadrilha, homicídios, furto, roubo e tráfico de drogas, de acordo com o delegado Francisco Rocha, titular da 71ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Apuí. O titular esteve à frente das investigações e comandou a operação neste começo de semana.

Um dos presos é o foragido de Justiça Luiz Fernando, que além dos crimes de assalto e tráfico de drogas já foi preso em flagrante delito acusado de matar degolado o seu desafeto, Carlos Herbert Lima, 39, vulgo “Maranhão”, depois de uma sessão de tortura na zona rural de Apuí.

Outro homicídio atribuído a Luiz Fernando e seus comparsas Carlos Eleandro e Adailton teve como vítima fatal a mulher Cláudia da Silva, que foi executada no começo deste mês, com vários tiros e por motivos que ainda estão sendo investigados pelo delegado Francisco Rocha e sua equipe.

O preso Carlos Eleandro mais conhecido como “Zói de Gato” escapou de uma tentativa de assassinato, no sábado passado. Segundo a polícia ele tentou matar o acusado de tráfico, Delealdo José Bena, pois este teria sido o piloto da dupla que tentou executá-lo.

“Maranhão” foi torturado e degolado pelos criminosos presos

As investigações indicam que existe umna guerra declarada e sangrenta entre bandidos em Apuí que disputam também a liderança do tráfico de drogas no município. Daí tem acontecido as mortes de “Maranhão”, da mulher Cláudia da Silva e de várias tentativas de homicídio no município.

O terceiro preso na Operação “Limpeza Final”, Adailton Paixão Narciso é acusado de furto, roubo, associação criminosa, tráfico de drogas e coautor de homicídio. Está foragido da justiça Amós Barreto Santos, contra ele pesam também a acusação de homicídio, associação criminosa e tráfico de drogas.

Segundo ainda o delegado Francisco Rocha ainda está foragido Amós Barreto Santos, denunciado por homicídio, associação criminosa e tráfico de drogas. A polícia atribui a este grupo os homicídios ocorridos neste ano, ambos com requintes de crueldade.

Trata-se de uma disputa violenta e a cada dia mais mortal para alguns envolvidos, numa verdadeira guerra para assumir o controle de vendas de drogas em Apuí. Ao ser presos os acusados estavam com um revólver calibre 38, um revólver calibre 22 e uma garrucha calibre 36.

Os três homens considerados de alta periculosidade vão ficar presos na Delegacia Interativa de Apuí à disposição da Justiça comum, segundo informou o delegado que seguirá investigando todos os crimes praticados por esta perigosa quadrilha que atuava em Apuí.

 

fonte: portal do zacarias

Barrancas Seu Portal de Notícia s

 

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *