Portos de Humaitá uma Realidade

A  reportagem do Portal Barrancas esteve nas futuras instalações dos Portos de embarque e desembarque que estão sendo construídos no município de Humaitá, assim ajudando no desenvolvimento do Sul do Amazonas, através do tráfego de mercadorias através da hidrovia do Madeira. Os três portos dos empresários Passarão, Pedrão e Pareja, já  estão  começando a operar.

DSCF3276

Visitaram as construções dos três portos os empresários Augusto Disala, Dimerson Fábio  Duarte, ficaram satisfeitos com que observaram.

Também fez visita aos portos a advogada Altanira Ulchoa, a qual conversou com os empresários de Humaitá e de Manaus. Mas a sua maior preocupação é com  a organização   e segurança desses trabalhadores, e qualificar cada vez mais a mão de obra visto que, tudo que começa bem organizado tem tudo para dar certo.

Outro fato importante,  é a quantidade de carretas  que já estão chegando para descarregar no porto do empresário Pedrão,  qual esta trabalhando 24 horas, preparando a infra estrutura para receber a demanda de mercadorias que tem por destino a nossa capital Manaus.

DSCF3278Fazíamos o Transporte de cargas gerais fluvial  de Porto Velho x Manaus,  agora estamos de Humaitá  x Manaus,  devido parte  do Rio Madeira que fica com dificuldade no canal no período do verão, alguns trechos ficam muito  ruins mesmo de Humaitá à Porto Velho. Com esses novos Portos,  estamos confiante com esse plano de tirar esse problema do tráfego de  Porto Velho à Manaus. Com o funcionamento desses três portos, a carga que vem de outros estados chega até Humaitá de carreta e ai é feita a transferência para as balsas para Manaus. disse o empresário Dimerson Fábio Duarte.

 

DSCF3279

O Senhor Augusto Disala,  empresário de Manaus, dono da empresa comercial Rizadinha,  já está nesse ramo há 20 anos e sabe das dificuldades quando o rio  baixa no verão.

Esse trajeto de Humaitá à Porto Velho, atrasava muito e aí os empresários de balsa acharam melhor vir para Humaitá,  agora com o asfalto novo na BR319, é muito bom,  isso aí dá viabilidade e ganha em rapidez nas balsas de Humaitá à Manaus.

Melhorou bastante por que o custo do balseiro diminuiu por causa desse trajeto de Humaitá à Porto Velho que é o trajeto mais perigoso.  Também viabilizou para nós , no verão ( No norte tem época das chuvas que é considerado inverno e a época que não chove que é considerado verão) época quando baixa o rio é uma  das maiores causas  dos acidentes que acontece nesse trajeto daqui por causa das pedras. Vim para cá conhecer os novos Portos que estão ampliando  e construindo,  o trabalho,  a mão de obra está melhorando bastante também.concluí o empresário

 

DSCF3274Quem saí ganhando também com essa troca do local do  Porto são os caminhoneiros que aumenta o frete como nos falou o Senhor Mauricio Ooenning                                                                                   Pra gente é bom por que existe uma diferença do frete e o trecho da estrada de Porto Velho ha Humaitá é melhor que  Porto Velho para trás que é péssima,  vale a pena a gente vim, apesar de que o porto não oferece estrutura nenhuma pra gente ainda não tem um banheiro, não tem o básico, mas, isso acredito com o tempo vai melhorar. Acho também para a cidade é bom vai gerar mais empregos,  mais renda,  alguma coisa vai mudar,  acho que é para  melhor.

Para nós caminhoneiros esta sendo difícil no momento que a gente chega,  no caso do  nosso caminhão é bi trem ( dois eixos),  tem de tirar uma carreta e deixar  no posto sem a gente,  não tem segurança, o posto de combustível  não tem responsabilidade alguma sobre a carreta e estamos longe. Não podemos atravessar a cidade com duas carretas,  não vejo o motivo para  isso, por que  o peso é distribuído nos dois eixos e não altera em nada, assim não danífica o asfalto eu acho,  não tem por onde estar essa implicância, a rua é normal  são largas o movimento é pouco,  então eu acho que não oferece risco nenhum, muito menos para o asfalto como para a população.  Estamos vindo  de madrugada, hoje mesmo viemos as 3h da manhã.

A estrada de Porto Velho para cá, pra mim esta ótima, agora com esse movimento de caminhões será que vai aguentar? concluí Mauricio  Ooenning

Veja algumas diferenças em relação ao custo  de Porto Velho x Humaitá para carregar ou descarregar  carreta.

PORTO VELHO                                                                                   HUMAITÁ

Saco entre R$700,00 a R$800,00                                                    R$500,00

Fardo entre  R$900,00 a R$1.000,00                                               R$600,00

Esses valores é dividido em média com 10 ou 12  trabalhadores ganhando  cada aproximadamente  R$50,00 por carreta.

Sabemos que isso é apenas o começo e a tendência é crescer tanto no movimento como na infraestrutura dos portos e, na qualificação da  mão de obra.                                                                          Ajudará a diminuir   a viagem  e também diminuirá as despesas para chegar as mercadorias  em Manaus,   para os empresários do setor de transporte baixará o custo  em torno de 8 a 10%   isso é muito dinheiro, pelo volume de carga que é grande, esperamos que seja repassado para população de  Manaus  essa diferença,  se não na sua totalidade, mas pelo menos parcialmente, para diminuir o famoso custo Manaus. E que Humaitá e os moradores não fiquem somente com os problemas de uma cidade portuária mas, também fiquem com os benefícios de uma cidade portuária para todos.

DSCF3271 DSCF3275

 

 

 

 

 

 

DSCF3273 DSCF3270 DSCF3272 DSCF3277

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Barrancas Seu Portal de Notícias

 

MAIS RECENTES

Autor: Direto da Redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *