Preparação para às eleições do CREA-AM

0 Flares 0 Flares ×
Justiça Eleitoral realiza treinamento com membros de mesa que atuarão nas eleições do CREA-AM:
Cerca de 30 pessoas participaram do treinamento inicial promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) com membros de mesa (presidentes e demais mesários), que atuarão durante o processo de votação para a escolha da nova gestão dos Conselhos Federal e Regional de Engenharia e Agronomia e da Mútua (Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA-AM).
A ação, ocorrida no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (CREA-AM), é uma parceria firmada com a Justiça Eleitoral que cederá urnas e cabines de votação para o pleito. As eleições ocorrerão em 15 de dezembro, das 9h às 19h (conforme o fuso horário de cada localidade).
Ao todo serão disponibilizadas 17 urnas para atender o processo de votação. Na capital, serão nove urnas: cinco na sede do CREA-AM, três na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e uma no Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb). No interior, as urnas serão alocadas para os municípios de Parintins, Itacoatiara, Presidente Figueiredo, Manacapuru, Coari, Tefé, Humaitá e Tabatinga, locais com apenas uma seção de votação.
Apoio
Dois peritos da Justiça Eleitoral vão dar suporte técnico até o dia do pleito. Um segundo treinamento, que simulará o ambiente de votação, está previsto para a próxima quarta-feira (22). Impressão da zerésima (relatório de abertura oficial impresso pela urna), procedimento padrão para identificação dos eleitores, liberação da urna para o voto e fechamento da seção foram alguns dos assuntos tratados pelos peritos.
“O treinamento foi uma oportunidade para tirar dúvidas sobre o processo primário de uso do equipamento e dos procedimentos de praxe que ocorrem em todo tipo de eleição direta”, explicou Edrei Fabrício de Souza, chefe da Seção de Urna do TRE-AM.
Votação
De acordo com o cálculo do técnico da Justiça Eleitoral, cada eleitor levará até um minuto e 20 segundos para concluir o processo de escolha dos candidatos.
Apesar de não contar com a transmissão de dados via satélite, o resultado das eleições para a nova gestão será conhecido em poucas horas após o encerramento das urnas. Conforme os peritos ressaltaram durante o evento, as urnas serão instaladas um dia antes nos locais de votação, que ficarão interditados até o encerramento da seção.
“As urnas eletrônicas disponibilizadas pela Justiça Eleitoral têm autonomia de até dez horas de uso intermitente, ou seja, mesmo que não haja energia elétrica no local onde será instalada, isso não impedirá o processo de votação”, garantiu Edrei Fabrício.
Para o coordenador da Comissão Eleitoral Regional 2017 (CER), conselheiro Mauro Queiroz, esses treinamentos consistem em importantes momentos para o processo eleitoral.
“Desse processo aliado a outros aspectos, depende não somente a organização, mas também  a transparência de nossas eleições”, frisou o coordenador.
 
Barrancas Seu Portal de Notícias / Dar Voz Aquele Que Não Tem Voz

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *