Roteiro das Cervejarias Artesanais Catarinenses

No Brasil é costume o consumo de cervejas claras e de baixa fermentação, como as do tipo Pilsen, popularmente conhecida como ‘’loira gelada’’. Um reduto cervejeiro no sul do país fez surgir à margem do grande mercado nacional uma quantidade interessante de pequenas cervejarias que, investiram em alternativas diferentes e de excelente qualidade para atrair os turistas.

oktoberfestA forte colonização germânica do estado de Santa Catarina e a paixão por cervejas fizeram surgir este roteiro que atualmente é destaque no cenário nacional pela produção de artesanal. Essa ideia ganhou força a partir das festas típicas dos descendentes de alemães do Vale do Itajaí. A Oktoberfest, de Blumenau, é a mais conhecida, mas não é a única. Várias outras festas, nas quais o chopp é o combustível, movimentam o estado durante o mês de outubro, mas o roteiro está disponível o ano inteiro para quem ama a bebida.

Além de Blumenau, o roteiro engloba as cidades de Gaspar, Brusque, Indaial, Jaraguá do Sul, Joinville, Pomerode e Timbó. Todas as cervejarias seguem a Lei de Pureza Alemã que até hoje está em vigor na região, se trata da Reinheitsgebot de 1516, que limita em quatro os ingredientes permitidos: água, lúpulo, malte e fermento.

Atualmente as cervejarias estão integradas com o turismo e a cultura regional, resultando nesse belíssimo roteiro para os apreciadores da bebida e os curiosos em conhecer a fabricação de cervejas. Além de tudo isso, a região oferece belíssimas paisagens com ares europeus.

turismo santa catarinaPara iniciar o roteiro, o Museu da Cerveja, é uma ótima introdução. No local estão expostos equipamentos, peças, documentos e textos históricos relacionados à fabricação desse líquido tão apreciado.

museu da cerveja

Cervejarias do Roteiro

Cervejaria Eisenbahn – Blumenau

Em uma visita a Cervejaria Eisenbahn é possível conhecer as etapas do processo de fabricação. No mini pub você pode degustar os 13 tipos de cerveja, os 4 tipos de chopp e um licor feito de cerveja, único no Brasil (maravilhoso). A fábrica produz aproximadamente 200 mil litros de cerveja/mês, vende para 17 estados brasileiros e  exporta para os EUA  e Suíça.

Cervejaria Bierland – Blumenau

A Bierland é uma homenagem à “Terra da Cerveja”, Blumenau. A fábrica possui um bar anexo onde os visitantes podem visitar e degustar os chopes e cervejas nas variedades Pilsen, Bock, Weizen e Pale Alarem. A cervejaria possui um moinho adquirido para triturar o malte de acordo com a granulação adequada. Esse procedimento evita a interferência de elementos externos e também garante a moagem em prazo ideal para a qualidade do chope.

Cervejaria ZeHn Bier – Brusque

Em Brusque, há 35 km de Blumenau, está localizada a Zehn Bier que foi fundada em 2003 pela família Zen, uma das mais tradicionais da cidade. A cervejaria oferece três estilos de cerveja : Pilsen, Bock e Porter. No início das atividades, a vontade da cervejaria era produzir um chope único que fosse apreciado por seguir rigorosamente as tradições germânicas.

Cervejaria Borck – Timbó

Cervejaria Borck foi a pioneira no conceito de micro-cervejaria artesanal em Santa Catarina no ano de 1996 e é uma iniciativa de Brunhard Borck, lá são produzidos chopes nas versões Pilsen e Malzbier.

Cervejaria Opa Bier – Joinville

Fundada em fevereiro de 2006, a Opa Bier tenta resgatar a tradição joinvilense de produzir bons chopps. A casa se dedica à elaboração artesanal, com maltes e lúpulos selecionados. Eles produzem chopp do tipo Pilsen, e o Porter, um chope escuro de alta fermentação, com aspecto encorpado e sabor intenso.

Cervejaria Das Bier – Gaspar

A Das Bier ou, “simplesmente cerveja”, oferece loiras (pilsen) e morenas (braunes). Ela foi inaugurada em 2006 e é a única cervejaria de Gaspar. A família Schmitt, que lidera o empreendimento, teve como inspiração o incentivo à cultura alemã trazida pelo pioneiro da comunidade do qual a família descende. A cervejaria está em uma edificação de estilo arrojado, que une ambiente superior, com um moderno bar coberto e um deck com vista para um belíssimo vale.

Cervejaria Heimat – Indaial

A receita da Cervejaria Heimat, que foi fundada em março de 2005,  é exclusiva de família e foi trazida ao Brasil em 1932 pelo imigrante alemão Paul Nuber. Ele elaborava a cerveja e abastecia a recém fundada colônia Heimat. A cervejaria produz chopps dos tipos Pilsen e Bock.

Cervejaria Königs Bier – Jaraguá do Sul

Inaugurada em 2007, a Königs Bier, que significa “cerveja do rei” é uma homenagem aos reis do tiro e às sociedades de tiro que preservam essa tradição alemã. A cervejaria resgatou a fórmula do chopp tipo pilsen pertencente a uma família europeia, adaptando a receita ao paladar brasileiro. Com isso a família criou um chopp de sabor inigualável: leve e com uma cor que lembra o ouro da coroa de um rei. Na cervejaria é possível encontrar chopp Pilsen (não filtrado), Pilsen fest (uma versão mais leve) e um Bock adocicado.

Cervejaria Wunder Bier – Blumenau

Fundada em outubro de 2007, a cervejaria é um castelo estilizado com um restaurante e mesas ao ar livre. O ambiente interno foi projetado para que você conheça o processo de fabricação dos produtos, acompanhado de um cardápio variado. É possível provar o chopp direto das autoclaves, ou também um chopp schwartz (preto) e um inusitado feito de vinho.

Cervejaria Schornstein – Pomerode

A Schornstein se propõe a fazer “cerveja com alma”. A cervejaria fica em um prédio tombado pelo patrimônio histórico, com cerca de 50 anos e com uma chaminé de trinta metros de altura. Ela oferece chopp Pilsen, Pilsen Cristal, Pale Ale, Weiss e Bock.

Barrancas Seu Portal de Noticias

 

Notícias Relacionadas

Autor: Direto da Redação
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *