Uma história – De Isaurinha para Luciano- escrita em 2013

0 Flares 0 Flares ×

Por: Isaura Ardenghi Reichmann

Em homenagem aos 54 anos de casados que estariam completando hoje dia 08/02/2018.

De coração pra coração
Assim foi o começo
Há muitos anos atrás
Uma cidade do interior
Marcou o início do nosso amor
As ruas, a praça
Foi o cenário
No palco da vida
Os sonhos foram construídos
No imaginável mundo dos apaixonados
No andar lento ou apressado
Na calçada da praça
Ficaram gravados nossos passos
De mãos dadas
Ocupávamos nosso espaço
Nas tardes ensolaradas
Nas noites iluminadas
Como fosse orquestrada
Uma linda canção
Repleta de emoção
Amar é viver
É bom sentir
O afago, o carinho, o beijo roubado
O sorriso inocente disfarçado
Até as brigas, os desencontros
Tem um grande significado
A reconciliação, doce, suave reconciliação
É o lenitivo
Simplesmente ilusão
De sofrimento nunca sentir
Arquivada no álbum 
A fotografia
Na igreja
Ajoelhados, lado a lado
Trocamos promessas
Como dois sinceros enamorados
Fomos por  Jesus Cristo
Abençoados
Se rosas ganhei
Guardei no meu coração
Em minha imaginação
As pétalas continuam
A exalar o perfume cultivado
De uma linda e apaixonada
História de amor
O tempo impiedoso, teima em apagar
Mas o amor é tão presente e forte
O qual, nem o próprio tempo
Consegue roubar
Os espinhos das rosas
Não foram poucos
Juntos arrancamos de um a um
Como fossem parte insignificante
Longe jogamos
Para não nos ferir
Não nos machucar
Somente as pétalas e o perfume
Das rosas conservamos 
Em nossas mentes, embelezando o nosso amor
O tempo transcorreu rápido
Os cabelos em brancos transformaram-se
As marcas no rosto, fizeram-se presentes
Dores, alegrias. decepções, vitórias
Marcam o andar
O tempo. uma vida
Onde o amor
Supera cada obstáculo
De mãos dadas
Continuamos a nossa caminhada
Serenamente, tranquilamente
Sem nada ter a ocultar
As ruas, a praça são outras
A cidade não é a mesma
No palco da vida
Outro cenário foi armado
Uma música suave,  se faz ouvir
Os nossos olhos encontram-se
De coração pra coração
Não importa se é poesia ou canção
O amor continua a existir. 

 

Barrancas Seu Portal de Notícias

Avalie esta postagem

MAIS RECENTES

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
Autor: isaura ardenghi reichmann
Tags

Notícias relacionadas

Comentários no Facebook