Uma Terra

De Isaura Ardenghi Reichmann

Uma Terra
Um pedaço de chão
Quanta imaginação
O igarapé
A dividir
E a unir
Ilusões
A mata frondosa
Elegante, soberba
Esculpida
Pela mão do Criador
O cenário de sonhos
Completar
O pasto verde
Abundante
Um vasto gramado
Harmonioso, silencioso
A beleza pura
Demonstrar
Ilusões, sonhos
Fazem parte do existir
Do caminhar
O campo
A mata
O igarapé
É o desabafo
Da conquista de um espaço
Magnifico sonhar
O horizonte
Como se não fosse longe
Apenas uma trilha a percorrer
O arco iris
No céu
Contracena tanta beleza
O colorido encanta
O olhar
O cantar dos pássaros
Em concerto
Uma serenata
Para natureza completar
As folhas secas
Caídas no meio da mata
Formam o tapete
Irreverente
Aos pés exuberante árvore
Imponente
Consciente da importância de estar alí
E permanecer naquele lugar
O Criador
Faz do próprio sussurro
O próprio pensar
Sem se voltar
Só apreciar
Sentir no aroma
O perfume da flor
Dos galhos da árvore
O fruto saboroso, apanhar
E nos lábios depositar
Uma Terra
Um pedaço de chão
Quanta ilusão.

imagem ilustrativa internet

Barrancas Seu Portal de Notícias

5 (100%) 1 vote

MAIS RECENTES

Autor: isaura ardenghi reichmann
Tags

Notícias relacionadas

Comentários no Facebook