43 anos da BR-319. Será que temos o que comemorar?

Quarenta e três anos após a inauguração da BR 319, ocorrida em 27 de março de 1976, pelo então Presidente da República, General Ernesto Geisel, sob o mote “integrar para não entregar”, com o contexto da integração da Amazônia, somos convidados a refletir sobre a saga desta rodovia para avaliar se há o que comemorar nesta data.

Hoje temos uma rodovia trafegavel no verão, antes nem isso tínhamos. No inverno, as condições pioram, mas ainda temos trafegabilidade com guerreiros que ainda se arriscam, como algumas empresas de ônibus.

Mas isso é tudo?

NÃO… JAMAIS

Queremos a pavimentação do trecho entre o Careiro Castanho e a comunidade do IGAPÓ AÇU, trecho este que já possui licença ambiental.

Queremos a celeridade no processo de licença ambiental no trecho do meio da BR-319, a construção imediata dos portais que está na responsabilidade do exército e não menos importante, pedimos ao Presidente Bolsonaro que assine o decreto presidencial para a pavimentação da rodovia com a governança da União, Estados e Municípios.

Neste mês de março, estaremos nas ruas lutando por nossa rodovia e por nosso direito constitucional de ir e vir!

André Marsílio
Presidente da associação dos amigos e defensores da BR-319

Continue lendo