Amazonas recebe novo lote de vacina para Influenza

O Estado do Amazonas recebeu, na última sexta-feira (27/03), um novo lote com 95.660 doses de vacina para influenza. As doses serão destinadas para a imunização dos profissionais de saúde, que compõe, junto com os idosos, o grupo prioritário da primeira fase da campanha de vacinação.

A distribuição das doses já foi iniciada, e, até esta quarta-feira (01/04), secretarias de saúde de 29 municípios já tinham recolhido os lotes. “Está agendada, para a tarde desta quarta-feira, a entrega dos lotes para mais dois municípios, e, até o fim da semana, os demais municípios devem retirar as doses”, disse a coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), Izabel do Nascimento,

A coordenadora acrescentou que o Estado vai receber, nos próximos dias, um novo lote de vacinas para a segunda fase da campanha, que inicia no dia 16 de abril e vai atender professores das escolas públicas e privadas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

No dia 9 de maio, acontecerá o “Dia D” de mobilização nacional e também iniciará a fase final da campanha com a imunização de crianças a partir dos 6 meses até menores de 6 anos, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade.

Com o recebimento do novo lote, o Amazonas soma mais de 312 mil doses de vacinas entregues pelo Ministério da Saúde. O público-alvo total da campanha de Vacinação Contra a Influenza no estado é de 1.241.291 pessoas dos grupos prioritários. A meta é vacinar, no mínimo 90% desse público até o dia 22 de maio.

Antecipação da campanha – O Ministério da Saúde antecipou o início da Campanha de Vacinação Contra a Influenza em razão da evolução do Covid-19 em outros países e da confirmação de casos no país, apesar desta vacina não prevenir contra o novo vírus.

O objetivo é proteger a população contra a Influenza e, sobretudo, minimizar o impacto sobre os serviços de saúde. Destaca-se que os sintomas da Influenza são semelhantes aos do Covid-19, e essa antecipação visa reduzir a carga da circulação de Influenza na população.

FOTO: Divulgação/Susam

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com