Aposentados fazem carnaval de protesto

Força Sindical reuniu 1,5 mil pessoas num protesto irreverente na Avenida Paulista, região central

Alegorias, samba-enredo, passista, animação e muita folia. Sim, paulistano, o Carnaval começou na manhã de quinta-feira (21). Pelo menos para os aposentados da Força Sindical, que reuniu 1,5 mil pessoas em um protesto irreverente. A avenida escolhida foi a Paulista, e a folia foi tão animada quanto séria. Serviu para inaugurar a agenda de manifestações da entidade na tentativa de ampliar os direitos da categoria.

Organizado pelo Sindinapi (Sindicato Nacional dos Aposentados), o manifesto foi inspirado em um desfile de escolas de samba e dividido em alas temáticas como saúde, custo de vida, justiça e pensionistas. Os integrantes se divertiram, sem se esquecer dos desafios.

“O  aposentado ‘samba’ o ano inteiro, tentando driblar as dificuldades. Resolvemos fazer o ato dessa forma para mostrar que não somos invisíveis”, disse o presidente do Sindinapi, Carlos Ortiz.

O presidente da Força Sindical e deputado federal, Paulo Pereira da Silva (SDD-SP), elencou algumas bandeiras defendidas, na quinta, na avenida. “Os aposentados estarão nas ruas para lutar pelo aumento no reajuste do benefício, o fim do fator previdenciário e a desaposentação. Será um ano de muitas reivindicações.”

Sindicato usa criatividade em protesto na capital paulista/ Almeida Rocha/ Diário SP

os foliões/ Metalúrgico aposentado, Juarez Marteluzo, 62 anos, se diz vítima da recessão “Depois que você se aposenta, só vê o salário encolher. Mal dá pra gente comprar remédios.”

Após trabalhar a vida inteira como fisioterapeuta,  Isolina Rocha, 78, se diz um retrato da realidade atual de milhares de segurados no país. “Muitos sustentam a família porque os filhos e netos perderam o emprego”, desabafou ela, lembrando do papel do idoso neste momento de crise.

Presidente licenciado do sindicato, João Batista Inocentini deu o tom que a categoria vai adotar em 2016. “Não adianta o governo se manter surdo, porque vamos para a rua e ele terá de nos ouvir”, cobrou.

1,5 mil pessoas participaram do ato na manhã desta quinta-feira (21)/ Almeida Rocha/ Diário SP 

O ato reuniu várias agremiações e a rivalidade ficou de lado. A bateria contou com membros da Gaviões da Fiel, Camisa Verde e Branco, Império da Casa Verde, Pérola Negra, Acadêmicos do Tucuruvi, X-9 Paulistana e Acadêmicos do Tatuapé.

“A gente fez o samba em nome de uma causa justa. O Carnaval é uma festa popular e nada melhor que usar esse movimento para reivindicar os direitos que um dia serão de todos nós”, opinou Diogo Miguel, da Gaviões da Fiel, e um dos autores do samba-enredo.

Confira o samba-enredo: 



Lutando pelos aposentados do Brasil

É hora do protesto, alô Sindnapi

Vai pra cima, meu povo

 

Por igualdade social 2x

Por quem lutou a vida inteira

O carnaval hoje é em forma de protesto

O Sindnapi faz seu manifesto

 

Já passou da hora da mudança

A esperança de um Brasil bem melhor

Mais saúde, menos inflação, comida na mesa, educação

Pelo direito dessa gente que tanto labuta

Da mulher que foi a luta

e tanto fez acontecer, vamos trazer

Verdadeira solução

Valorizar o aposentado que construiu essa nação

 

E quem plantou não colheu, 2x

chega de corrupção

Vamos pra rua

Remédio pra melhorar,

pro bem da população

Essa nossa luta continua
Quero qualidade de vida

Para o amanhã ser mais feliz

Ter justiça e igualdade,

formando um novo país
Um alerta a juventude,

por um futuro com dignidade

Façam valer a nossa força,

união e ideais

Jamais irão morrer os nossos sonhos

Nunca irão calar a nossa voz
Por igualdade social 2x

Por quem lutou a vida inteira

O carnaval hoje é em forma de protesto

O Sindnapi faz seu manifesto

 

Já passou da hora da mudança

A esperança de um Brasil bem melhor

Mais saúde, menos inflação, comida na mesa, educação

Pelo direito dessa gente que tanto labuta

Da mulher que foi a luta

e tanto fez acontecer, vamos trazer

Verdadeira solução

Valorizar o aposentado que construiu essa nação
E quem plantou não colheu, 2x

chega de corrupção

Vamos pra rua

Remédio pra melhorar,

pro bem da população

Essa nossa luta continua
Quero qualidade de vida

Para o amanhã ser mais feliz

Ter justiça e igualdade,

formando um novo país
Um alerta a juventude,

por um futuro com dignidade

Façam valer a nossa força,

união e ideais

Jamais irão morrer os nossos sonhos

Nunca irão calar a nossa voz
Por igualdade social 2x

Por quem lutou a vida inteira

O carnaval hoje é em forma de protesto

O Sindnapi faz seu manifesto

 

 

fonte:diariosp/  Por: Maria do Carmo Caçador

Barrancas Seu Portal de Notícias

Continue lendo

Comentários no Facebook