Apple | Na surdina, empresa corrige falha perigosa no Zoom para Mac

A Apple lançou uma atualização discreta e ‘silenciosa’ para usuários de Mac. A gigante da tecnologia removeu um componente vulnerável do Zoom que permitia que sites adicionassem automaticamente um usuário a uma chamada de vídeo sem a permissão deles. Segundo a companhia, os donos de Mac não precisaram interagir com o app para atualizá-lo, uma vez que essa modificação foi feita de maneira automática.

A empresa responsável pelo aplicativo, por sua vez, ‘criticou’ os clientes após uma revelação pública de vulnerabilidade na segunda-feira (9) feita pelo usuário Jonathan Leitschuh, na qual ele descreveu como “qualquer site [poderia] forçar um usuário a uma chamada Zoom, com sua câmera de vídeo ativada, sem a permissão. O servidor não documentado permaneceu instalado mesmo se um usuário desinstalou o Zoom. Leitschuh disse que isso permitiu à Zoom reinstalar o aplicativo.

Ele também lançou uma página no site Medium para provar como detectou essa vulnerabilidade dentro do Zoom, o que certamente irritou ainda mais a empresa. Embora a companhia tenha liberado uma versão consertada para o aplicativo na terça-feira (10), a Apple, por sua vez, informou que suas ações protegerão os usuários passados ​​e presentes da vulnerabilidade do servidor, sem afetar ou dificultar a funcionalidade do software.

Não é novidade

A Apple frequentemente envia atualizações discretas para os Macs com o propósito de impedir o uso de malwares conhecidos — semelhante a um serviço antimalware. Essa atitude, entretanto, nunca é divulgada, o que tornou essa ação com o Zoom ainda mais peculiar. Mas é raro que a Apple tome medidas publicamente contra um aplicativo conhecido ou popular. A empresa disse que enviou a atualização para proteger os usuários dos riscos impostos pelo servidor, sem a intenção de ‘constranger’ a Zoom.

“Estamos felizes por ter trabalhado com a Apple no teste desta atualização. Esperamos que o problema do servidor seja resolvido hoje. Agradecemos a paciência dos nossos usuários enquanto continuamos trabalhando para resolver suas preocupações”, disse Priscilla McCarthy, porta-voz da Zoom, em entrevista ao TechCrunch

Mais de quatro milhões de usuários em 750 mil empresas em todo o mundo usam o Zoom para videoconferência.

TechCrunch

Gostou dessa matéria?Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Fonte https://canaltech.com.br

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com