Como usar tomates para baixar a pressão alta

Como usar tomates para baixar a pressão alta   Melhor com Saúde

Existem vários estudos que avaliam as propriedades medicinais dos tomates. De fato, existem evidência de que este vegetal contribui para baixar a pressão alta. Conheça mais!

Foi demonstrado que os sintomas da gota estão ligados a problemas de hipertensão e obesidade. Inclusive a má alimentação e o consumo de álcool também podem contribuir para o seu desenvolvimento.

A hipertensão arterial é conhecida como a doença da “morte silenciosa”, pois muitas vezes passa desapercebido, apesar de sua gravidade. Baixar a pressão alta pode ser um desafio, porém incluir tomates na dieta pode contribuir significativamente.

Entre 90 e 95% dos casos de pressão arterial alta correspondem a hipertensão primária ou essencial. Ou seja, que não é gerada por outra doença. A porcentagem restante está relacionada com outras afecções, ou é gerada por medicamentos ou pela gravidez.

Os sintomas da pressão arterial alta não são muito específicos e, muitas vezes, nem sequer são percebidos. No entanto, em alguns casos, ocorrem palpitações no peito ou na cabeça, tonturas e mal-estar. Contudo, o mais frequente é que não ocorram manifestações contundentes.

A pressão alta

Aparelho para medir a pressão

A pressão arterial alta eleva o risco de doenças cardiovasculares graves como o ataque cardíaco e acidente cerebrovascular.

O coração bombeia o sangue para todo o corpo e o faz por meio de artérias, veias e capilares. Por sua vez, quando o sangue circula exerce uma pressão sobre as paredes das artérias. Alguns aparelhos medem a força dessa pressão, e o resultado é denominado de índice de pressão arterial.

Ainda, existem artérias pequenas chamadas arteríolas. Estas regulam o fluxo sanguíneo no corpo e, às vezes, se tornam mais estreitas. A ciência desconhece o motivo preciso pelo qual isso ocorre. Nessas condições, o coração tem que se esforçar mais para bombear o sangue. Por conseguinte, faz com que a pressão aumente nos vasos sanguíneos e seja gerada a pressão arterial alta.

A hipertensão continuada produz importantes danos ao organismo. Devido à pressão que é exercida no interior das artérias, estas podem se endurecer. Isso pode gerar um ataque cardíaco ou acidentes cerebrovasculares. Além disso, é possível que o coração cresça e apareçam danos oculares ou renais.

Um estudo sobre o tomate comum

No Centro Médico Soroka de Israel, foi conduzido um estudo sobre a relação entre o tomate e a pressão arterial alta. A razão para a pesquisa se baseou, em parte, no fato de os italianos apresentarem menor prevalência de pessoas hipertensas do que em outras partes do mundo.

Para verificar a hipótese, foi selecionado um grupo de pacientes que sofriam com hipertensão, mas não respondiam bem aos medicamentos. A todos foi administrado uma série de suplementos de tomate, durante quatro semanas. Em resumo, todos os membros do grupo mostraram uma melhora significativa.

Isso se deveu ao fato de que os tomates contêm licopeno, um potente antioxidante que se associa com a prevenção de doenças cardíacas. Além disso, protege a boa saúde arterial. Aparentemente, o ideal é consumi quatro tomates por dia, sejam inteiros ou em diversas preparações.

Tomates crus

Por seu conteúdo de licopeno, o tomate é um bom complemento para baixar a pressão alta.

Um estudo sobre o tomate de árvore para baixar a pressão alta

O tomate de árvore, também chamado de tamarilho ou tomate-inglês, também é um alimento excelente para baixar a pressão alta. Este fruto é cultivado principalmente nas zonas tropicais e é consumido principalmente na forma de suco.

No ano de 2016, várias universidades e instituições do Equador e da Venezuela conduziram um estudo sobre as propriedades medicinais do tomate de árvore. Os resultados indicaram que este fruto incide positivamente na redução da pressão arterial, em pessoas diagnosticadas como hipertensas.

Além disso, foi verificado que contribui para reduzir os níveis de triglicerídeos e de colesterol HDL. Conforme a pesquisa, o consumo diário de suco de tomate de árvore, durante seis semanas contínuas, reduz a hipertensão, assim como modula o metabolismo da glicose.

Como usar tomate para baixar a pressão alta

Como já dizíamos, o ideal é que as pessoas com pressão alta consumissem quatro tomates crus por dia. No entanto, isso pode se tornar chato e não muito agradável após algum tempo. O bom é que existem formas deliciosas de introduzir uma importante quantidade de tomates na dieta.

A primeira forma, e talvez a mais óbvia, é fazer um molho de tomate e colocá-lo nos alimentos. O tomate combina bem com quase tudo. Pode-se adicioná-lo aos feijões, as massas e a quase todas as preparações salgadas. Além disso, traz um sabor maravilhoso a quase todos os pratos.

Um dos aspectos interessantes é que o tomate mantém suas propriedades nutricionais, sem importar o tipo de preparação que se faça. Por isso, pode-se consumi-lo na forma de suco, fazer um creme de tomate ou comê-lo em alguma salada.

Por outro lado, o tomate de árvore quase sempre é consumido na forma de suco. Também pode ser usado em saladas para acompanhar pratos doces ou salgados, ou para preparar uma torta à base deste fruto.

Sofre com hipertensão? Como pode notar, o tomate pode ser um bom complemento para baixar a pressão alta. No entanto, é primordial esclarecer que não substitui os medicamentos receitados pelo médico. Considere-o!

https://melhorcomsaude.com.br

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com