Coronavírus: aumento de casos na China desacelera

Coronavírus: aumento de casos na China desacelera   Notícias   R7 Saúde

“Província de Hubei é o foco da epidemia”

 

A Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, deixou 406 novos casos confirmados e mais 52 mortes na China durante esta terça-feira (25), segundo informações das autoridades de saúde, o que representa uma desaceleração da propagação do SARS-CoV-2 no país.

Os números indicam uma queda de 20% em novos casos em relação à segunda-feira e de 27% em mortes, também em comparação com a véspera. O número acumulado de mortes na China até agora é de 2.718, e o de casos confirmados, de 78.100, de acordo com a última avaliação da Comissão Nacional de Saúde, atualizada à meia-noite desta quarta (local, 13h de terça-feira em Brasília).

Do número total de infecções, 45.604 ainda estão ativas e 18,8% dos pacientes estão em estado grave. Por outro lado, até agora, 29.745 pessoas receberam alta após terem se curado.

Até agora, mais de 647 mil pessoas que tiveram um contato próximo com os contaminados foram monitorizadas clinicamente, e, entre elas, mais de 79 mil permanecem em observação. O número de casos suspeitos é de de 2.491.

Novo balanço de Hubei

A Comissão Nacional de Saúde também divulgou hoje o último relatório sobre a doença na província de Hubei, o foco da epidemia, que até agora tem sido responsável por 84% dos casos e 96% das mortes registradas em território chinês.

Nesta terça, houve 401 novos casos e 52 novas mortes na província; 370 das infecções e 42 das mortes correspondem à capital Wuhan, onde, ao que tudo indica, o novo coronavírus surgiu.

Embora mais de 30 países tenham diagnosticado casos de Covid-19, a China é responsável por cerca de 97% dos infectados.

Alex Plavevski

Fonte: noticias.r7.com

Continue lendo
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com