Coronavírus é achado em frango; cozinhar alimento é eficiente para proteção

Na China, asas de frango congeladas que foram compradas do Brasil tiveram amostras com resultado positivo para o novo coronavírus, de acordo com publicação feita pelo governo de Shenzhen, cidade localizada no sul do país, e divulgada pela agência de notícias Reuters.

Além disso, a prefeitura da cidade de Wuhu anunciou que detectou a presença do coronavírus em embalagens de camarões procedentes do Equador em julho.

Até então, não havia nenhuma evidência sobre a transmissão por alimentos, e não há, por enquanto, comentários das autoridades de segurança de alimentos sobre os casos.

Há alguns meses, ao avaliar o risco de contágio em outras epidemias causadas por vírus da mesma família, a Autoridade Europeia de Segurança dos Alimentos (European Food Safety Authority – EFSA), concluiu que a transmissão por alimentos era improvável.

Vírus não resiste ao cozimento dos alimentos

Embora ainda existam dúvidas sobre certos comportamentos do vírus, que é novo para a comunidade científica, o Sars-CoV-2 não resistiria às temperaturas normalmente utilizadas para cozimento dos alimentos (em torno de 70ºC).

“Os animais de produção são fontes de transmissão do coronavírus desde que esses estejam contaminados, mas o cozimento em casa garante a segurança do consumidor. O vírus necessita de outro ser vivo para expressar sua carga genética e poder se multiplicar. No caso dos alimentos, não há possibilidade dele se multiplicar nos produtos já disponíveis nas gôndolas dos supermercados. É importante, no entanto, que os produtos de origem animal não sejam consumidos mal passados”, explica a professora Aline Cesar, do departamento de agroindústria, alimentos e nutrição da Esalq-USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo).

Dicas para evitar a contaminação na cozinha

Nos serviços de alimentação e nos ambientes domésticos, é importante observar os seguintes princípios básicos de higiene:

1- Quem prepara os alimentos deve lavar as mãos com frequência e, principalmente, depois de:

  • Tossir, espirrar, coçar ou assoar o nariz.
  • Coçar os olhos ou tocar na boca.
  • Preparar alimentos crus, como carne, vegetais e frutas.
  • Manusear celular, dinheiro, lixo, chaves, maçanetas, entre outros objetos.
  • Ir ao sanitário.
  • Retornar dos intervalos.

2- Ao lavar as mãos, use bastante água corrente e sabão líquido ou outro produto destinado ao mesmo fim (leia as informações na embalagem). Não se esqueça de esfregar bem todas as áreas das mãos, incluindo as pontas e as regiões entre os dedos, além dos punhos.

3- Mantenha as unhas curtas, sem esmaltes, e não use adornos que possam acumular sujeiras e microrganismos, como anéis, aliança e relógio.

4- Não converse, espirre, tussa, cante ou assovie em cima dos alimentos, superfícies ou utensílios. A recomendação vale para o momento do preparo e na hora de servir.

5- As superfícies e utensílios que entram em contato com os alimentos devem estar limpos. Use produtos de limpeza devidamente regularizados na Anvisa e que sejam indicados para a respectiva finalidade.

6- Dê mais atenção à higienização das superfícies ou utensílios após a manipulação de carnes cruas ou vegetais não lavados. Esses alimentos são reconhecidos como fonte de contaminação de doenças transmitidas por alimentos.

7- Quando uma pessoa com doença infecciosa for manipular um alimento, é preciso avaliar se há risco de o agente da doença ser transmitido.

8- Cozinhe bem os alimentos, uma vez que muitos dos agentes transmissores da doença são sensíveis ao calor. No caso de alimentos que são habitualmente consumidos crus, deve-se ter atenção redobrada com a procedência e a higiene.

9- Não use e não compre produtos com embalagens amassadas, estufadas, enferrujadas, trincadas, com furos ou vazamentos, rasgadas, abertas ou com outro tipo de defeito. Limpe bem as embalagens antes de abri-las.
Com informações da Anvisa

Giulia Granchi
https://www.uol.com.br/vivabem

Continue lendo
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com