Covid-19: se não posso tomar sol, devo tomar vitamina D em cápsula?

“Pandemia do coronavírus desperta maior preocupação e cuidados com a saúde, entre eles o hábito de tomar sol e a síntese de vitamina D”

Entre o medo de se contaminar e os anseios pelo retorno à normalidade, a pandemia do novo coronavírus desperta nas pessoas maior preocupação e cuidados com a saúde, entre eles a síntese de vitamina D.

Aos que não podem sair às ruas e não têm acesso à luz do sol dentro da própria casa, é válido consumir esta vitamina por meio de suplementação?

A dermatologista Anelise Roskamp Budel explica que o consumo do suplemento deve se dar apenas a partir de critério médico. “É preciso evitar a automedicação”, diz Roskamp.

Segundo ela, como a síntese de vitamina D é necessária em todas as idades e vários perfis podem sofrer com a deficiência desta vitamina – idosos, gestantes, recém-nascidos, entre outros –, a orientação médica pode variar para cada quadro.

A SBEM-SP (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional de São Paulo) alerta que a superdosagem da vitamina D leva à perda óssea, pois pode induzir ao aumento da atividade osteoclástica.

Além de sintomas como a osteoporose, a maneira mais eficaz de se notar a carência de vitamina D é pela própria dosagem, a partir de exames médicos.

Apesar de a situação da pandemia do novo coronavírus, Anelise diz que todas as urgências decorrentes destes problemas requerem atendimento médico. “[Já] os procedimentos estéticos podem aguardar”, afirma ela.

 

https://noticias.r7.com/saude

 

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com