Depressão não é frescura! CVV – Centro de Valorização da Vida em Humaitá

Uma das necessidades básicas dos seres humanos,  que jamais deve ser esquecida é a necessidade de ser visto e tratado como pessoa, de ser escutado e compreendido, ser acolhido, aceito, não ser julgado, ser respeitado! 

Humaitá está sendo o segundo Município do Amazonas a implantar a   CVV ( Programa CVV de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio) o primeiro foi Manaus. Inicialmente estão fazendo palestras em escolas, orgãos públicos e dando orientações aos Policiais Militares como proceder e a quem chamar em caso de encontrar pessoas com depressão ou tentativa de suicídio.

Segundo informações da coordenadora do CVV no Município de Humaitá, a psicologa Neidiany Vieira Jovarini, só esse ano foi registrado mais de 71 tentativas de suicídio e 7 suicídios, que coloca infelizmente, o Município em estado de epidemia.

A CVV está sendo implantado no Município em novembro e terá sede para melhor atender, mas você também pode ligar para o 188,  a ligação é gratuita ou entrar em contato pelo site clicando aqui CVV.

A instituição é mantida com as contribuições dos próprios voluntários e por doações de pessoas e segmentos da sociedade. Tem personalidade jurídica e não está vinculada com qualquer religião, governo ou partido político.

Depressão não é frescura! 

Depressão é mais do que sentir-se triste por alguns dias. É um problema que pode acometer qualquer pessoa: homens, mulheres, jovens e idosos. A doença se manifesta de várias maneiras e pode causar diferentes sintomas.

Segundo o Dr.  Drauzio Varella:  Quando recorrente que produz uma alteração do humor caracterizada por uma tristeza profunda, sem fim, associada a sentimentos de dor, amargura, desencanto, desesperança, baixa autoestima e culpa, assim como a distúrbios do sono e do apetite.

É importante distinguir a tristeza patológica daquela transitória provocada por acontecimentos difíceis e desagradáveis, mas que são inerentes à vida de todas as pessoas, como a morte de um ente querido, a perda de emprego, os desencontros amorosos, os desentendimentos familiares, as dificuldades econômicas etc.

A depressão é uma doença incapacitante que atinge por volta de 350 milhões de pessoas no mundo. Os quadros variam de intensidade e duração e podem ser classificados em três diferentes graus: leves, moderados e graves. Além disso, ela também pode atingir crianças. e adolescentes.

Diante das adversidades, as pessoas sem a doença sofrem, ficam tristes, mas encontram uma forma de superá-las. Nos quadros de depressão, a tristeza não dá tréguas, mesmo que não haja uma causa aparente. O humor permanece deprimido praticamente o tempo todo, por dias e dias seguidos. Desaparece o interesse pelas atividades que antes davam satisfação e prazer e a pessoa não tem perspectiva de que algo possa ser feito para que seu quadro melhore.

Além do estado deprimido (sentir-se deprimido a maior parte do tempo, quase todos os dias) e da anedonia (interesse e prazer diminuídos para realizar a maioria das atividades) são sintomas da depressão:

  • Alteração de peso (perda ou ganho de peso não intencional);
  • Distúrbio de sono (insônia ou sonolência excessiva  praticamente diárias);
  • Problemas psicomotores (agitação ou apatia psicomotora, quase todos os dias);
  • Fadiga ou perda de energia constante;
  • Culpa excessiva (sentimento permanente de culpa e inutilidade);
  • Dificuldade de concentração (habilidade diminuída para pensar ou concentrar-se);
  • Ideias suicidas (pensamentos recorrentes de suicídio ou morte);
  • Baixa autoestima,
  • Alteração da libido.

A História do CVV – Centro de Valorização da Vida:

Fundado em São Paulo em 1962, o Centro de Valorização da Vida é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973, mantenedora e responsável pelo Programa CVV de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio, desenvolvido pelos Postos do CVV em todo o Brasil. Através dos postos espalhados por todo o país, presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional, oferecido a todos.

Em 1977, começou a expandir-se para outras cidades do país, estando hoje em quase todas as capitais e diversas cidades do interior do Brasil. São aproximadamente 110 postos e cerca de 3.400 voluntários que se revezam para o atendimento 24 horas por dia, nos 365 dias, não importando  ser domingos e feriados. Esse atendimento é prestado por telefone 188, grátis para todo o Brasil, e-mail, pessoalmente nos postos e via chat, sendo a primeira entidade do gênero no mundo a prestar atendimento via chat. A história do CVV está registrada no livro “Como Vai Você – CVV, 50 anos ouvindo pessoas”, da Editora Aliança.

No dia 10 de março de 2017, o Ministério da Saúde firmou uma parceria com o CVV, permitindo que as ligações se tornassem gratuitas. Estados como o Rio Grande do Sul já permitiam ligações gratuitas desde 2015. Bahia, Maranhão, Pará e Paraná foram os últimos estados a terem gratuidade.

Organismos internacionais como a Organização Mundial da Saúde e a AIPS – Associação Internacional para Prevenção do Suicídio reconhecem a importância de programas como o do CVV e, no Brasil, outras iniciativas foram criadas, inclusive pelo Ministério da Saúde.

Atualmente o CVV cria e apoia iniciativas de ajuda emocional e prevenção do suicídio por meio de novos programas e atividades comunitárias. CRC – Caminho de Renovação Contínua (grupos de encontro de ajuda emocional); Escola de Valorização da Vida (autoconhecimento); GASS – Grupos de Apoio aos Sobreviventes do Suicídio (familiares e amigos enlutados, ajuda emocional mútua); Estação Amizade (palestras para jovens e adolescentes; e rodas de conversa sobre convívio e problemas emocionais).

Saúde Mental – O CVV Francisca Júlia é uma comunidade terapêutica instalada em São José dos Campos com a finalidade de amparar pessoas com crise suicidas e outros transtornos mentais. São leitos, ambulatórios e centros de convívio mantidos pelo CVV e conveniados com o SUS.

 

Com informações : uol -Dr.  Drauzio Varella, wikipedia, site cvv –  video: Vozes Do Silêncio – Carlinhos Brown (Falar Pode Mudar Tudo)

 

 

 

 

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com