Detran-AM realiza mais de nove mil licenciamentos 100% on-line em abril

Mais de 9,3 mil licenciamentos eletrônicos foram feitos pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) no mês de abril. Este é um dos serviços do órgão 100% on-line. Só nos últimos dois meses de atendimento presencial suspenso por causa da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, foram emitidos quase 20 mil Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo eletrônico (CRLV-e).

O serviço está disponível tanto para Pessoa Física quanto para Pessoa Jurídica. Contudo, as empresas só passaram a dispor do CRLV-e no dia 28 de abril. E, mesmo assim, em apenas três dias foram emitidos 226 documentos eletrônicos até o fechamento do mês.

Mas o licenciamento eletrônico de veículos, nesse período de atendimento presencial suspenso, só é permitido para quem não está em atraso. Isso porque veículos em atraso, obrigatoriamente, necessitam de vistoria, serviço esse que não está sendo realizado devido às restrições de isolamento social.
Para quem deseja parcelar o licenciamento em até 12 vezes, basta procurar uma das quatro financeiras credenciadas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para operar junto aos Detrans. No Amazonas, as financeiras autorizadas são Control Life (99128-5931), PinPag (98814-1209), Nyata (99480-0549) e ZigNet (98438-0852).

Como fazer o licenciamento eletrônico? – Tanto o usuário Pessoa Física quanto o Pessoa Jurídica podem fazer o licenciamento de seus veículos direto pelos portais de serviço do Detran-AM.

No site digital.detran.am.gov.br, o usuário pessoa física acessa a área “Veículos” e depois “Licenciamento Anual”. Nela, é só informar o Renavam e na tela seguinte, quando aparecer a opção do licenciamento, basta “Gerar o Protocolo” e imprimir as taxas e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Por fim, basta efetuar o pagamento e depois de dois dias úteis, é só voltar no portal e escolher a opção “CRLV Eletrônico” para imprimi-lo em qualquer impressora.

O empresário também pode fazer o mesmo serviço, mas no site empresas.detran.am.gov.br. Lá, ele instala um componente de segurança, pois é obrigatório o uso do Certificado Digital, e depois procede normalmente a impressão do documento do veículo.

Nos dois casos, o Detran-AM disponibilizou um manual passo a passo, que pode ser baixado direto do site do órgão no www.detran.am.gov.br. Lembrando que o Amazonas é um dos 13 estados onde o condutor pode rodar com o documento do veículo impresso em papel comum.

“O calendário do IPVA foi mantido pela Sefaz e a gente espera que todos consigam utilizar essa ferramenta de licenciamento digital. É importante que as pessoas se acostumem com essa maneira de licenciar seus veículos, pois, além de prática, ele é mais cômodo para o usuário”, destacou Rodrigo de Sá Barbosa, diretor-presidente do Detran-AM.
CNH Digital – Em abril, a procura pela Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital também foi grande. Foram emitidas 2.500 CNHs por meio aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, disponível para as plataformas Android e IOS.

Lembrando que esse é um serviço disponível somente para quem já é habilitado e perdeu o documento em papel moeda ou mesmo deseja utilizá-lo direto no celular, isso porque a emissão de novas CNHs estão suspensas pela deliberação 185 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A CNH digital também só está disponível para quem emitiu ou renovou o documento a partir de 2017, quando foi inserido um QR Code no verso da habilitação, bem como, foi feita a atualização dos dados do condutor exigida pela norma que criou o documento digital.
Entre março e abril, 5,8 mil usuários emitiram a CNH digital pelo aplicativo.

Sonora: Rodrigo de Sá – Diretor Presidente Detran-AM

 

Fotos: Divulgação/Detran

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com