Estudo de vacina de Oxford é suspenso temporariamente após ‘efeito adverso’

“Testes estavam na última fase antes da produção em larga escala”

 

O estudo da vacina da Universidade de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca foram suspensos temporariamente após um dos voluntários apresentar “efeito adverso grave”. Em um comunicado, a AstraZeneca explicou o motivo da paralisação:

“Esse é um processo de rotina que precisa acontecer conforme sejam detectados potenciais potenciais problemas em um dos braços de teste”, disse a farmacêutica. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável por autorizar os testes no Brasil, também comentou a paralisação:

“A decisão de interromper os estudos foi do laboratório, que comunicou os países participantes. A Anvisa já recebeu a mensagem e vai aguardar o envio de mais informações para pronunciar oficialmente”, disse em comunicado.

A vacina de Oxford está na fase 3, a última, em vários países, inclusive no Brasil. Essa última fase envolveu cerca de 30 mil voluntários em diversas partes do mundo.

Fonte https://www.osaogoncalo.com.br

Continue lendo
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com