Fabricantes chinesas se unem para enfrentar a Google Play Store

Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi lançaram uma associação, a GDSA (Global Developer Service Alliance), para administrar uma plataforma de distribuição de jogos, músicas, filmes e apps. Se a descrição já não deixou claro, o objetivo é diminuir a dependência e, talvez, até concorrer com a Play Store, do Google.

Não é de hoje que as fabricantes chinesas administram lojas de apps próprias na China – onde a Play Store não opera. Porém, com as constantes ameaças do presidente norte-americano Donald Trump em cortar o acesso das marcas chinesas a produtos e serviços dos EUA – o que já vem acontecendo com a Huawei – a GDSA parece ter acelerado os planos para que as fabricantes do país asiático possam ter uma plataforma unificada de apps e conteúdos em todo o mundo.

site da associação possui poucos detalhes, mas a agência de notícias Reuters divulgou que a entidade planeja iniciar as operações em março. Entre os países com operação – ou seja onde ela atuará – listadas pela página estão a Índia, Indonésia, Malásia e Rússia.

A associação não parece ter relação com o sistema operacional Hongmeng, desenvolvido pela Huawei, e que estaria em testes na Xiaomi e Oppo. Vale lembrar que, juntas, as fabricantes chinesas detém mais de um terço do mercado global de smartphones, segundo dados recentes da IDC. Ou seja, é um grupo de peso e que pode mudar o panorama mobile mundo afora.

Fonte: Reuters via Gizmodo

https://canaltech.com.br

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com