Francisca Mendes tem crescimento de 87% nas cirurgias cardíacas, em janeiro

O Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM) aumentou em 87% o número de cirurgias cardíacas, neste mês de janeiro, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em janeiro de 2020, foram feitos 58 procedimentos na unidade, enquanto no ano passado foram 31.

De acordo com o diretor do Hospital Francisca Mendes, Braz Santos, além das crianças do Amazonas que estão fazendo cirurgia cardíaca em São Paulo por meio do programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), a unidade em Manaus continua com o fluxo crescente de cirurgias e procedimentos.

“Só no mês de janeiro, nós conseguimos realizar 58 cirurgias, entre adultos e crianças, isso comparando com janeiro do ano passado quando foram realizadas apenas 31 cirurgias. Isso demonstra a grande diferença, o grande avanço que a gente teve. Essas crianças também começaram a ir para São Paulo, mas independente dessas crianças estarem indo, o Francisca Mendes continua a todo vapor”, afirmou o diretor.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), as cirurgias pediátricas dobraram na unidade em 2020. O pequeno Joaz Rabelo Torres, 7, está entre os pacientes que tiveram sucesso no procedimento. Liliane Torres, 28, conta que um exame de rotina mostrou a cardiopatia congênita, e, nesta quinta-feira (06/02), a mãe já celebrava a boa recuperação do filho.

“Quando cheguei para fazer o eco dele descobri que ele tinha um sopro, né? Falaram que ele precisava fazer uma cirurgia. Eu só via descendo as lágrimas, meu coração ficou batendo mais forte, entendeu? Mas eles foram bem atenciosos quando eu cheguei, foram bem amigáveis, as enfermeiras vieram e me deram apoio, me incentivaram mais”, disse ela.

Com um ano e dois meses, Paulo José Faba já mostrou que é um guerreiro. Ele e a mãe, Rosângela Faba, vieram de Boa Vista (RR), em busca de esperança, já que a cirurgia de correção de tetrotrologia não é realizada no Estado vizinho. Ao chegar em Manaus para uma consulta, Paulo foi internado e passou pela cirurgia corretiva.

“Eu me informei no site daqui, que em Manaus se faz esse tipo de cirurgia. Aí, eu liguei para cá, me informei, peguei ele, os documentos dele e vim pra cá para Manaus, vim de ônibus. E chegou aqui o doutor que já atendeu ele e internou”, relembrou a mãe.

Em dezembro de 2019, o Governo do Amazonas investiu recursos para reforçar a estrutura do Hospital Francisca Mendes. Foram instalados seis monitores multiparamétricos, quatro ventiladores pulmonares adultos e 130 acessórios de equipamentos. Com isso, seis leitos de UTI e mais uma sala cirúrgica serão ativados para aumentar a capacidade de realização de cirurgias na unidade.

Cirurgias adultas – De acordo com o diretor do HUFM, tanto as cirurgias pediátricas, quanto as adultas continuam sendo realizadas na unidade diariamente e, somente em janeiro deste ano, 42 procedimentos cirúrgicos foram feitos em adultos. A exemplo de Roberto Mendes, 28, que recebeu alta após os médicos corrigirem uma cardiopatia congênita.

“Eu dei entrada em outubro de 2019 e quando foi em janeiro de 2020 eu já recebi uma ligação para eu me internar, internei dia 20, quando foi dia 22 eu já fui operado, graças ao meu bom Deus ocorreu tudo bem. E hoje como era previsto, como a doutora falou, já estamos de alta, Graças a Deus”, disse.

Saúde para todos – Na Venezuela, sem dinheiro para pagar o tratamento da filha de sete anos, Crisálida Vasquez se mudou para o Brasil e iniciou os exames e procedimentos pré-operatórios da filha, Camila Vasquez, no Hospital Francisca Mendes. O Sistema Único de Saúde (SUS) garante atendimento médico gratuito a todos os pacientes no território nacional, independente da nacionalidade.

“Sou Venezuelana, estou aqui em Manaus, no Hospital Francisca Mendes com a minha filha, que vai fazer cirurgia de coração. Graças a Deus, consegui o apoio aqui, porque tive que sair da Venezuela pela situação que está acontecendo agora lá. Graças a Deus aqui me ajudaram com ela, com todo o seu tratamento, me apoiaram muito os médicos e todos. E estou esperando agora o dia da cirurgia da minha filha”, disse a mãe.

Muito extrovertida Camila, com sete anos já sabe muito bem o que veio fazer no hospital. “Sei. Vim fazer a operação de meu coração”, disse ela.

FOTOS: MICHELL MELLO/SECOM

CONTATO: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Saúde (Susam): (92 – 3643-6304 e 98407-1699). E-mail: comunicacao@saude.am.gov.br

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com