Governador Wilson Lima traz altos investimentos para Humaitá

Humaitá-AM: Em Visita a Humaitá o governador Wilson Lima, com uma agenda cheia trouxe muitos benefícios  para a população e a certeza que temos um governador presente e preocupado com o interior.

Perguntado se apoiaria algum candidato a prefeito disse: Independente de quem seja eleito terá o apoio do governo, será parceiro para fazer o melhor para a cidade e para a população. Isso demostra a seriedade que o seu governo leva o interior do Amazonas.

Poderá ver os abuns com às fotos no final dessa matéria.

Agora vamos para agenda do governador em Humaitá:

O Voo atrasou por causa da neblina que ocorreu na cidade de Manaus, mesmo assim, fez questão de cumprir a sua agenda, o primeiro compromisso foi com às associações, no CETI, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), foram entregues implementos para cinco associações de Humaitá – sendo três do setor primário e duas do social – com implementos agrícolas e materiais de consumo, totalizando investimento de R$ 834.104,50.

No setor primário, a ação beneficiou 134 famílias diretamente e 670 pessoas indiretamente, de três associações, que receberam cheques simbólicos totalizando R$ 557.194,00. A Associação de Produtores de Hortifrutigranjeiros do Alto Crato receberá R$ 197.000,00; a Associação dos Agricultores do Parazinho (AP) recebeu R$ 191.194,00; e a Associação dos Feirantes da Agricultura Familiar de Matupi recebeu R$ 169.000,00. Os valores são destinados à aquisição de equipamentos agrícolas.

“Esse cheque que a gente recebeu é de muita importância para associação, porque vai ser para a compra de um caminhão e uma empacotadeira de polpas de frutas. É uma coisa muito importante que soma na vida do produtor da APOFAC. A gente fica muito feliz com esses recursos e esperamos que a cada ano a gente consiga uma quantidade dessas para investir no setor primário”, falou o produtor rural Fioravante Santos, presidente da Associação de Produtores de Hortifrutigranjeiros do Alto Crato.

O segmento social foi beneficiado com R$ 276.910,00 em recursos para o Clube das Mães Unidas da Olaria e para a Associação Beneficente Marcio Ramos (Amar). Juntas, as entidades abrangem 131 famílias e alcançam 524 pessoas indiretamente, promovendo prestações de serviços, cursos gratuitos, visando à inserção no mercado de trabalho e melhoria à qualidade de vida da comunidade. 

O programa “SOS Vicinal”, que prevê um investimento de R$ 5 milhões na recuperação de trechos de ramais de municípios do sul do Amazonas.

O segundo compromisso foi na Fazenda Santa Rita, participou da demonstração da colheita de soja. E acordo com o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), a Safra 2018/2019 em Humaitá teve área plantada de 1.800 hectares e produção de 51 sacas/ha. Já a safra 2019/2020 teve área plantada de 2.300 hectares e expectativa de produção de 55 sacas/ha.

Inauguração do Frigorifico Amazonas, empreendimento certificado pelo Serviço de Inspeção Estadual (SIE), concedido pela Sepror, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf).

Com 20.730 cabeças de gado, Humaitá destaca-se como a 12ª maior em rebanho no Amazonas, segundo dados do Idam. O município, que já possui dois abatedouros, agora tem o primeiro frigorifico com o SIE instalado. Com isto, abrirá o mercado para o escoamento de produtos para todo o Amazonas, item importante, já que cerca de 30% da carne consumida no Estado é de origem da produção local, segundo dados do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDFESAM).

“O sul do Amazonas é uma área de grande desenvolvimento econômico. Inclusive agora, nos próximos meses, nós estamos incluindo no bloco I (junto ao Ministério da Agricultura) para ficar livre da vacinação de febre aftosa, o que dá condição para o nosso pecuarista exportar seu produto para outras partes do país e do mundo, inclusive para a China e para a Europa, que são os dois mercados consumidores”, enfatizou Wilson Lima.

A capacidade de produção do abatedouro inaugurado é de 300 bois por dia, o que representará a produção de 76.500 quilos/dia de carne inspecionada para a população amazonense. A instalação do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) no Frigorífico Amazonas, em Humaitá, é estratégica, uma vez que ocorre próximo a fornecedores de insumos para pecuária e também dos maiores rebanhos do Amazonas (Apuí, Lábrea e Matupí), além de fazer divisa com um dos estados que mais cresce na pecuária, Rondônia.

Também em Humaitá, foram certificados pecuaristas que aderiram aos projetos “Mais Carne” e “Mais Leite”, executados pela Sepror, por meio do Idam, Adaf e ADS. O programa levou técnicos do Sistema Sepror para mais próximo do produtor, a fim de conhecer suas dificuldades e orientar para que produzam mais e melhor. Eles tiveram maior acesso às tecnologias, como melhoramento genético do rebanho e da pastagem, o que pode estimular produtores e pecuaristas locais a produzir o chamado “boi a pasto” de forma sustentável.

Visitou também as obras do Anel Viário de Humaitá. As obras irão melhorar o transporte da produção agrícola e o desenvolvimento econômico da região, evitando assim, que as carretas passem no meio da cidade.

GOVERNADOR EM HUMAITÁ – AEROPORTO E CETI

Governador Na plantação de Soja e na Inauguração Frigorifico

 

 

 

 

 

 

com informações amazonas.am

 

Continue lendo

Comentários no Facebook

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com