Hotel em Washington celebra conquistas femininas e igualdade de gênero por meio da arte

“Hotel Zena conta com mais de 60 obras de arte que representam mulheres e movimentos importantes para a luta por igualdade de gênero”

Por meio de obras de arte e design, o Hotel Zena, recentemente inaugurado em Washington, nos Estados Unidos, celebra as conquistas das mulheres e o empoderamento feminino. O espaço, administrado pelas empresas de hotéis de luxo Viceroy Hotels & Resorts e Pebblebrook Hotel Trust, foi pensado para servir também como um centro cultural para promover a igualdade de gênero. Para isso, tanto a arquitetura, quanto a decoração do espaço foram desenhadas para transmitir uma mensagem de luta, capacitação e esperança às mulheres.

Decorado pela empresa de design Dawson Design Associates, o hotel possui mais 60 obras de arte. Todas as peças são originais e foram criadas por artistas que promovem os direitos humanos e a igualdade de gênero ao redor do mundo.

Hotel em Washington celebra conquistas femininas e igualdade de gênero por meio da arte (Foto: Divulgação)
Fachada do Hotel Zena (Foto: Divulgação)

No saguão, há um grande retrato da advogada norte-americana Ruth Bader Ginsburg. A profissional foi juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos entre 1993 até o seu falecimento, em 18 de setembro deste ano. A obra, feita por Andrea Sheehan e pelo estúdio de arte Julie Coyle, foi produzida por meio da reutilização de 20 mil tampas pintadas à mão. Além disso, a primeira mulher afro-americana eleita para o Congresso dos Estados Unidos, Shirley Anita Chisholm, também tem seu rosto estampado no saguão do hotel.

Outra instalação importante, também feita por tampas reaproveitadas, é uma representação das marchas feministas que ocorreram nos Estados Unidos. A obra homenageia o 100º aniversário do direito ao voto das mulheres no país norte-americano. “Criamos um espaço de encontro seguro que celebra a diversidade, respeita diferentes pontos de vista e abre espaço para tópicos dignos de uma conversa significativa”, explicou Jon Bortz, CEO da Pebblebrook Hotel Trust.

A presença da figura feminina também se estende para cada um dos 191 quartos do hotel. As suítes contam com um retrato da deusa grega Ártemis, que era cultuada por proteger as mulheres. Na cobertura do local, há ainda uma obra em homenagem a socialite norte-americana Alva Belmont, uma das figuras mais importantes para o movimento sufragista no país.

 

POR GIOVANNA OLIVEIRA
https://casavogue.globo.com

Continue lendo
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com