Ministro Paulo Guedes mira artilharia nos ‘S’ de Sebrae, Sesc, Sesi, Senai

O surgimento do superministério da Economia ou da Fazenda, nos moldes do que vem sendo anunciado pelo presidente da República eleito Jair Bolsonaro (PSL) e o futuro dono da pasta, Paulo Guedes, vai provocar mudanças profundas nas entidades integrantes do sistema “S”, como Sebrae, Sesc, Sesi, Senai e outros.

Essa previsão é feita neste domingo pelo blog de Lauro Jardim, em O Globo.

O fim de patrocínios pelo sistema é uma das primeiras reformulações pensadas por Guedes, que considera que isso nada tem a ver com formação e capacitação de trabalhadores.

A transferência de recursos do sistema para patrocinados é feita hoje por normas internas. Como têm personalidade jurídica própria, de direito privado, os integrantes do “S” não fazem parte da administração pública, e não se sujeitam à fiscalização de controle externo. E gozam de outros privilégios, como nas licitações.

fonte: globo- bnc foto: internet

Barrancas Seu Portal de Notícias – Dar Voz Aquele Que Não Tem Voz

Continue lendo

Comentários no Facebook