Prefeitura fará segunda chamada para preencher vagas de programas de bolsas

Prefeitura de Manaus fará uma segunda chamada para preencher as vagas que sobraram dos programas de bolsas Universidade, Pós-Graduação e Idiomas. Na manhã desta quinta-feira, 12, o prefeito Arthur Virgílio Neto anunciou o resultado da primeira chamada dos processos seletivos para início no primeiro semestre de 2021.

O resultado está disponível no site http://bolsa.manaus.am.gov.br e a previsão é que a segunda chamada ocorra em janeiro de 2021.

Nas três modalidades de bolsas, foram ofertadas 82.052 vagas, mas apenas 23.198 candidatos foram classificados.

O Bolsa Universidade disponibilizou 38.211 vagas, sendo que 14.087 inscritos foram selecionados.

Para a Pós-Graduação foram 14.284 vagas em cursos de especialização, em 178 áreas do conhecimento. Destas, 2.862 foram aprovados.

Para o Bolsa Idiomas a oferta foi de 29.557 bolsas de estudos para sete idiomas: alemão, espanhol, francês, inglês, italiano, japonês e mandarim. Nesta modalidade, 6.249 inscritos foram selecionados.

arthur neto
Arthur Neto atribui a baixa adesão à crise financeira provocada pela pandemia de Covid-19 (Foto: Murilo Rodrigues)

Arthur atribui a baixa adesão à crise financeira provocada pela pandemia de Covid-19, pois alguns cursos não são com bolsas integrais.

“Essa crise e essa incerteza toda que aí estão talvez expliquem tão poucas pessoas se inscrevendo. Porque elas têm que pagar 25% ou 50% da bolsa. E a incerteza financeira está vivendo em muitas casas”, disse Arthur Neto.

Stella Cyrino espi
Stela Cyrino afirma que muitos inscritos não preencheram os requisitos do edital (Foto: Murilo Rodrigues)

A diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino, afirma que a grande quantidade de vagas remanescentes ocorreu porque muitos inscritos não preencheram os requisitos do edital.

“Nós temos muitas vagas na reserva. São candidatos que se inscreveram que não atendem os critérios. Isso só prova a legitimidade e a legalidade, tem critérios estabelecidos no edital, na lei, que regem esses programas socioeducacionais”, disse.

Ela afirma que será feita uma repescagem. “Os candidatos que não aceitam o percentual que foi oferecido, eles declaram no ato da inscrição, terão a oportunidade. Serão chamados, será dada outra oportunidade, ele pode mudar de curso, de instituição”, afirmou.

De acordo com Cyrino, a segunda chamada será feita apenas em janeiro. “A previsão é 6 de janeiro. Como é uma nova gestão nós não podemos falar pela nova gestão. Então vamos esperar a entrega da documentação (da primeira chamada)”.

O prazo de entrega da documentação para o Bolsa Pós-Graduação é de 24 a 26/11; do Bolsa Universidade, de 30/11 a 3/12; e do Bolsa Idiomas, de 9 a 11/12. A documentação deverá ser entregue de forma on-line através do Portal do Candidato, em razão da pandemia.

Os benefícios, que incluem bolsas integrais e parciais, de 50% e 75%, são para ingresso em instituições de ensino particulares estabelecidas em Manaus. Do total das vagas disponíveis, 5% foi destinado às pessoas com deficiência.

Recursos

Os candidatos que não foram classificados podem entrar com interposição de recursos, munidos de quaisquer documentos que comprovem a justificativa. Se o candidato for menor de idade, deve comparecer com o responsável.

A interposição ocorre nos dias 13 e 16/11, no novo endereço da sede da Espi/Semas, localizada na avenida Compensa, 770, Vila da Prata, zona Oeste, das 8h às 14h.

Por AMAZONAS ATUAL
Continue lendo
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com