PRF e FUNAI se reúnem com líderes para encerrar pedágio e evitar conflitos

Polícia Rodoviária Federal vai patrulhar trecho da BR 230 Transamazônica

Na tarde de  quinta-feira 18 de abril,  segundo fontes do Portal Juma, Rádio Cidade e Apui On Line, aconteceu uma reunião em um hotel no Distrito de Santo Antônio do Matupi entre o lideranças políticas, coordenador da PRF Getúlio e o coordenador regional da Funai de Humaitá. Dezenas de pessoas participaram da reunião, além das lideranças políticas como Marquinhos da Macil ex-prefeito de Apuí.

O encontro foi para tratar exclusivamente sobre o pedágio que está sendo cobrado nas terras das Aldeias Tenharin. Os indígenas começaram a cobrar pedágio nesta segunda-feira poucas horas depois do Exército Brasileiro entregar uma ponte metálica sobre um rio. A queda da ponte de madeira causou bloqueio da rodovia BR 230 Transamazônica por quase 4 semanas.

Segundo o coordenador regional da Funai em Humaitá a cobrança  de pedágio foi algo isolado e individual de alguns indígenas e que o movimento era para chamar a atenção das autoridades. O coordenador afirmou que não haverá mais cobrança de pedágio e que tudo está resolvido.

O representante da Polícia Rodoviária Federal vai patrulhar a rodovia BR 230 Transamazônica no trecho das Terras indígenas Tenharin para evitar cobrança ilegal de pedágio e conflitos entre mestiços  e índios.

 

fonte:   Portal Juma, Rádio Cidade e Apui On Line,

texto do grupo de whatsapp

 

Continue lendo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com