Sírio-Libanês, inaugura este ano um novo hospital geral em Brasília

O Hospital Sírio-Libanês, está construindo uma unidade com mais de 30 mil metros quadrados em Brasilia. Os políticos de Brasilia devem estarem felizes, poderão fazer exames, sem precisarem ir à São Paulo. E se tiverem alguma urgência, terão um atendimento no hospital preferido deles.

O Sírio-Libanês, um dos mais importantes centros médicos do Brasil e da América Latina, inaugura este ano um novo hospital geral em Brasília, com mais de 30 mil metros quadrados. O lançamento da pedra fundamental será nesta quinta, 26.

A inauguração está prevista para novembro. O empreendimento ficará na quadra 613, na Asa Sul – perto dos Centros de Oncologia e de Diagnóstico do Sírio que já operam na capital.

O novo hospital terá 144 leitos de internação, sendo 31 de UTI, seis salas de cirurgia e um Pronto Atendimento.

Excelência e empregos

Nos primeiros meses serão contratados até 400 colaboradores, incluindo médicos da região de Brasília e de São Paulo.

“Estamos aumentando nossa operação, mas no tempo certo, pois isso ela é sinônimo de qualidade”, afirma Gustavo Fernandes, oncologista que será o Diretor Geral do novo hospital.

“A unidade contará com um centro de diagnósticos para análises clínicas e imagem, com equipamentos de última geração, centros cirúrgicos, aparelhos para cirurgias robóticas e ressonância intra-operatória capaz de determinar a real extensão de um tumor durante a operação, aumentando a possibilidade de retirada completa dessas lesões em um único procedimento cirúrgico”, diz comunicado do hospital.

Filantropia

A história do Sírio-Libanês começou em 1921 em São Paulo, quando foi fundada a instituição filantrópica “Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês”.

Em 2011 o Sírio chegou em Brasília, com a inauguração do primeiro Centro de Oncologia, que hoje realiza mais de 2,7 mil atendimentos por mês.

Em 2014 foi inaugurado o segundo Centro de Oncologia na capital federal, que faz mais de 1,1 mil atendimentos por mês.

Em 2016, foi aberto um Centro de Diagnósticos, na Asa Sul, que realiza mais de 6 mil exames mensais.

Atendimentos gratuitos

Hoje, o Sírio atende de forma gratuita 100% das crianças com câncer do Hospital da Criança de Brasilia José Alencar.

“Fizemos uma parceria em que oferecemos radioterapia sem custos para as crianças”, conta Rafael Gadia.

A radioterapia do hospital também já atendeu 300 pessoas em Brasília e negocia atender mais 1.200 nos próximos três anos pelo Proadi, programa do Ministério da Saúde para fortalecer o SUS em parceria com hospitais filantrópicos de qualidade reconhecida, como o Sírio-Libanês.

Com a inauguração da nova unidade, prevista para novembro, deve aumentar o número total de atendimentos.

“O hospital será uma ampliação do atendimento que já fazemos na capital federal, sempre com o foco em excelência e humanização, que são marcas do Sírio-Libanês há quase cem anos”, conclui o Diretor Geral da instituição, Dr. Paulo Chapchap.

Entrada Sírio Libanês Brasilia - Foto: divulgação

Sírio-Libanês Brasilia / entrada – Foto: divulgação

 

Fonte: SóNotíciaBoa -Por Rinaldo de Oliveira, da redação 

Barrancas Seu Portal de Notícias

Continue lendo

Comentários no Facebook