Voluntários realizam expedições solidárias a famílias ribeirinhas no AM

A bordo da embarcação ‘Jóia Rara’, o ‘Instituto Amor’ leva serviços de saúde, educação e geração de renda a mais de 15 comunidades ao longo do Rio Negro

Para tentar amenizar alguns dos problemas enfrentados por crianças ribeirinhas da Amazônia, um grupo de voluntários de Novo Airão (distante 95 quilômetros de Manaus) resolveu se unir e agir para fazer a diferença. A bordo da embarcação ‘Jóia Rara’, o Instituto Amor realiza expedições solidárias que levam assistência em saúde, educação e geração de renda, de forma gratuita, para diversas comunidades do Amazonas.

“Nós tínhamos conhecimento da realidade difícil que essas comunidades vivem e queríamos poder ajudar de alguma forma. Foi assim que em 2013 nasceu o Instituto Amor, que funciona totalmente na base de voluntários que contribuem como pode para que nossos programas e projetos possam levar algum tipo de ajuda para esses ribeirinhos”, comentou o coordenador do instituto, Marcelo Casoni.

Conforme Marcelo, qualquer pessoa pode participar das expedições solidárias do Instituto e vivenciar, por uma semana, a realidade da Amazônia, participando de atividades com as famílias ribeirinhas. O valor para participar da expedição é de R$ 2 mil, e garante todos os custos como alimentação e estadia. Segundo o Instituto, todo o valor pago pelos participantes é revertido para os projetos nas comunidades.

“Saímos de Manaus aos domingos e voltamos somente no outro domingo. Por não sermos uma agência de turismo, mostramos toda a realidade nua e crua do que é a Amazônia. Todos que participam gostam e muitos voltam, é uma grande oportunidade de entrar em contato coma natureza e ajudar pessoas que precisam”, disse o coordenador.

As atividades realizadas pelo Instituto podem ser acompanhadas por meio da página do Instagram e do Facebook do grupo solidário.

Ação em conjunto

Segundo Marcelo Casoni, o ideal do Instituto é trabalhar em parceria com os próprios moradores dos locais. “O Instituto Amor atua com as comunidades e não para as comunidades. Temos uma relação fraterna e igualitária com essas populações, trabalhando em conjunto, onde todas as nossas ações são previamente aprovadas em assembleias pelos comunitários e lideranças dos locais”, destacou.

Galeria

Foto: Divulgação

Gallery 13246212 794949077309266 8655871969463419303 o dc4edec7 f363 4626 aa15 354d3091a908

 

Gallery 15936347 933781766759329 4974144868909714386 o b27b6422 44cc 4dde b849 2a8b9f8071f3

 

Gallery 16991550 963804473757058 4565446957057000262 o 2daafeff c08f 4a6b a5f0 b545e854705d

 

Gallery 17862356 989293654541473 1175226174308228138 n b7b681f3 478b 442d b85a 6bce0af51d7e

 

Gallery 17884379 989293661208139 8718058458634770318 n 0a7225a4 40c4 4b00 a78e 7a3ca7c5588d

 

Gallery 17884379 989293661208139 8718058458634770318 n 84a6644a 1b8a 475d 936c 773620dbc60b

 

Gallery 19260433 1043999242404247 9163504145505731821 n 2fd3e754 42ed 4356 8e91 5bc03d5d63b1

 

Gallery 51580531 1487472218056945 3230000463847882752 n 7223e2b9 4a0e 4e65 bdd3 9b764702a738
Gallery 64656126 1594955587308607 3288514690266693632 o 60b28887 f916 41c2 a5db 59b5d123a21a

 

Ao longo de seis anos de atividades solidárias, o grupo filantrópico desenvolveu diversos tipos de programas e projetos que tentam levar alguma qualidade de vida e dignidade principalmente para as crianças que vivem nas comunidades ribeirinhas ao longo do Rio Negro.

 

O Jóia Rara, barco ambulatório do instituto, é equipado para oferecer atenção básica de saúde, medicamentos, remoções, exames, internações e assistência social alimentar e pecuniária às famílias e pacientes em trânsito, bem como atendimento odontológico em um consultório completo a bordo.

 

Outros programas do instituto, como no campo da educação e da geração de renda, criam espaços multiuso que servem de apoio aos professores e à escolinha rural em diversas atividades extracurriculares, além de capacitações e a criação de pequenos negócios e empreendimentos que visam dar trabalho e renda às famílias, por meio da Universidade Livre da Amazônia, programa de autoria do Instituto Amor.

 

Projetos

 

Os voluntários do instituto também atuam realizando projetos junto às comunidades. Entre eles, dois se destacam: um que leva sistemas de energia solar, iluminando escolas, postos de saúdes e comunidades inteiras de forma sustentável, e outro que realiza pesquisa, cultivo e produção de medicamentos fitoterápicos com plantas e ervas amazônicas.

 

Como ajudar

 

O Instituto Amor trabalha desde 2013 com atividades voluntárias. Os projetos são mantidos totalmente com doações e, conforme os participantes do instituto, qualquer tipo de contribuição solidária é bem vinda para que os programas e projetos possam continuar em funcionamento.

 

Doações podem ser feitas por meio do site do instituto, pelo link (acesse aqui). Outras informações podem ser adquiridas por meio do telefone (92) 99447-0962.

 

Fonte https://www.acritica.com

Continue lendo
Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com