Wilson Lima entrega Ramal do Caldeirão e vistoria outras obras viárias em Iranduba

09Governador também anunciou o pagamento da terceira parcela do FTI para o município

O governador Wilson Lima entregou, nesta sexta-feira (09/10), a obra do ramal do Caldeirão, no km 12 da rodovia Manoel Urbano (AM-070), em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). No município, ele também vistoriou outras obras de infraestrutura e anunciou o pagamento da terceira parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI).

Wilson Lima ressaltou que a pavimentação da AM-070 também é uma prioridade desde o início do Governo, em 2019. “Hoje nós estamos entregando o Ramal do Caldeirão e lembro muito bem, como se fosse hoje, quando eu estive aqui com os moradores em um dia chuvoso, dando a ordem de serviço para que a obra fosse iniciada. Hoje, o povo dessas comunidades tem seu sonho realizado, com o direito garantido de ir e vir, sob uma via pavimentada”, destacou o governador.

Com 11,7 quilômetros de extensão, o Ramal do Caldeirão passou por serviços de recapeamento, tapa-buracos, drenagem profunda, drenagem superficial, meio-fio, sarjeta, recuperação de trechos com erosão e sinalização da via. O investimento foi de R$ 3,6 milhões.

As ações para a melhoria da infraestrutura de ramais e vicinais fazem parte da política de desenvolvimento econômico e social das comunidades do interior do estado, uma prioridade definida pelo governador Wilson Lima.

Ramal estratégico – Com uma população de 49.011 habitantes, o município de Iranduba é considerado o maior produtor de hortifrutigranjeiros do Amazonas, sendo fundamental para o abastecimento da cidade de Manaus.

O Ramal do Caldeirão é estratégico para a produção agrícola desenvolvida no seu entorno, onde estão situados cerca de 400 produtores rurais. A nova estrada vai melhorar não só o escoamento dessa produção, mas o deslocamento e a qualidade de vida da população local.

“É realmente um sonho realizado. Há dez anos essa estrada ganhou asfalto, só que nunca houve manutenção. A gente sofreu muito, quebrou carro, a comunidade consertava a estrada e de repente esse sonho foi realizado. Você olha hoje e parece que não estamos no Caldeirão. Realmente está muito bonito, uma obra bem acabada, toda finalizada. Nota 10”, comemorou a professora Terezinha Amaral.

Ramal Santa Maria – No km 13 da AM-070, Wilson Lima inspecionou as obras de construção do ramal Santa Maria, que está com 11% de execução e conta com investimento de R$ 4,7 milhões.

“O ramal atende, aproximadamente, cinco comunidades, o pessoal produz pimentão, mamão e outras hortaliças. A nossa previsão é que a obra seja entregue até dezembro deste ano, isto vai depender do solo, se a gente tiver um período maior de estiagem, a gente consegue entregar até o final do ano. Vai trazer também respeito e dignidade para quem mora ao longo dessa via”, afirmou Wilson Lima.

Nos 7,33 quilômetros de extensão do ramal, a Seinfra executa serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem e sinalização da pista com pintura de faixas.

Nesta fase, o ramal recebe serviços de escavação, regularização de leito e subleito, compactação de aterro, base e sub-base, imprimação e aplicação de revestimento asfáltico, além de drenagem, construção de sarjetas e bueiros com dissipadores de energia.

“Eu sempre esperei pelo ramal, estou vendo que o que governador Wilson Lima prometeu está se cumprindo. O povo que está trabalhando aqui está fazendo um serviço de qualidade e nós que estamos aqui somos prova disso. Hoje não vai ter mais aquela poeira, aquele barro, vai ter asfalto. E nós vamos poder contemplar”, disse a comerciante Doralene Rodrigues, que há quatro anos mora no ramal.

Na comunidade São Sebastião do Areal, na entrada do ramal Santa Maria, o governador recebeu uma placa de agradecimento da Associação Comunitária Vera Castelo Branco pelas obras.

Rodovia Carlos Braga – Nesta sexta-feira, o governador também esteve nas obras de reconstrução da rodovia Carlos Braga, situada no km 18 da AM-070, que dá acesso à sede do município de Iranduba. A ordem de serviço foi assinada na semana passada. O investimento é de R$ 8,1 milhões.

O projeto vai reconstruir os 10,05 km da rodovia, incluindo serviços de drenagem profunda e superficial, elevação do greide, reciclagem e revestimento em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

Nesta primeira fase, estão sendo executados serviços de fresagem, recomposição de pavimento e tapa-buraco. A obra apresenta 8% de execução.

FTI – O governador Wilson Lima anunciou, também, o pagamento da terceira parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) para o município de Iranduba, na ordem de R$ 515.418,46.

Os 61 municípios do interior devem receber, em outubro, a terceira parcela do FTI, totalizando R$ 23,4 milhões. Já foram pagos R$ 46,8 milhões nas duas parcelas anteriores, sendo a primeira destinada exclusivamente para o combate ao novo coronavírus.

Fotos: Roberto Carlos/Secom

Continue lendo
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com